Como ajudar o RPG

Site: Cláudio Pozas

A primeira inciativa para divulgar o RPG tem que partir do RPGista, não adianta ficar cobrando que “alguém” (editora ou distribuidora) faça algo.

1) Ensine alguém a jogar ou o hobby vai acabar na sua geração.

2) Seja franco, aberto e paciente a respeito de perguntas sobre o RPG. Em sua forma mais básica, o RPG é “brincar de faz-de-conta”, e só essa descrição já desfaz muitos dos preconceitos do RPG.

3) Apóie os autores e editoras que você gosta, comprando seus produtos e incentivando seus amigos a fazer o mesmo. E critique produtos ruins, para que possíveis compradores possam prestigiar produtos bons.

4) Chame amigos com quem você não joga para experimentar uma sessão leve (duas horas, no máximo, com personagens pré-gerados). Nada de entrar no meio de uma campanha, e sim um jogo pré-contido, com começo, meio e fim.

5) Participem de eventos e encontros, para criar um clima de camaradagem entre os RPGistas. Se não tiver um encontro na sua região, organize um.

6) A maioria dos jornais e telejornais tem um canal com seus leitores/espectadores. Ligue, sugira uma matéria sobre RPG, ou a cobertura de um evento de RPG na sua cidade, avise sobre iniciativas de RPG e Educação.

Quanto aos profissionais, cabe a eles:

1) Serem profissionais. Ter dois empregos não é desculpa para atrasos, produtos mal-acabados ou mal-editados. Ao definirem uma data, cumpram a data. Imprevistos acontecem, mas não prometam o impossível.

2) Serem realistas. Não planejem uma série de 80 livros, que abrangem o épico conflito entre blá-blá-blá. Planejem UM livro, com uma sequência já escrita e pronta para ser produzida caso o primeiro venda bem.

3) Serem atenciosos. O consumidor tem opiniões que devem ser levadas em consideração.

4) Utilizarem as mídias disponíveis. A própria WotC descartou completamente a possibilidade de anunciar D&D na TV, é a proverbial bazuca para acertar passarinho. Anúncios devem ser feitos em revistas em quadrinhos (olha as duas Conan na banca), de games (especialmente se há um game relacionado em lançamento, como o Demon Stone ou o D&D Online) ou de cinema (Senhor dos Anéis já passou, mas Nárnia vem aí). No caso de editoras d20, é perfeitamente aceitável que duas ou três se juntem para pagar um anúncio.

5) Utilizarem a internet. Atualizem seus sites com regularidade (pelo menos uma vez por mês). Ofereçam prévias de produtos que estão para chegar às bancas, download de mapas em branco, aventuras. Mantenham uma seção para tirar dúvidas.

6) Serem cordiais. O mercado nacional de RPG é um barco, e todos estamos dentro dele. Ou todos se ajudam e remam na mesma direção ou o barco afunda.
Não há espaço para rivalidades e implicâncias.

7) Doar livros de RPG para bibliotecas e escolas e apoiar lojas de RPG.

Cláudio Pozas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s