Lançamento: Fanzine Mamute #01 durante a RPGCon [SP]

Kibado do Área Cinza (todo o texto é de lá)

A idéia de escrever um fanzine de RPG surgiu em meio a uma reunião da Secular no fim de Fevereiro na qual discutíamos estratégias e idéias para nosso primeiro lançamento para o mercado nacional – afinal nossos outros livros foram todos produzidos em inglês e focados no mercado gringo de RPGs em PDF. Decidimos que nosso primeiro livro em português será o Busca Final, um jogo extremamente autoral e interessante do Giltônio, mas que na época ainda estava sendo escrito (ele concluiu o manuscrito mês passado!) e que avaliamos que só poderia ser lançado no segundo semestre.

Também estávamos com muita vontade de lançar algo na FRI – Feira de RPG Independente, que já rolou ano passado na RPGCON e foi uma das idéias mais espertas que D3, Wallace & Companhia tiveram! A proposta aliás é de todo ano daqui pra frente lançarmos algo na FRI e fazer a parada crescer e bombar ainda mais. Somamos então a vontade de lançar algo na FRI, o que infelizmente não seria possível com o Busca Final, com nosso desejo de fazer algo mais autoral, autêntico e provocativo. Citando as palavras do meu chapa Giltônio na entrevista sobre o Mamute para o Trevisan: “A gente sabia que queria publicar livros de RPG, mas também sabíamos que não era só isso. Começamos com a Secular escrevendo livros cheios de regras pra D&D/d20, precisávamos marcar o giro para algo menos convencional e mais autoral. Nesse sentido, pensamos: o que é mais autoral que um fanzine?”

Quatro meses depois finalmente o Mamute está nas gráficas! O zine custará 7 reais e terá o formato A5, com capa colorida em papel couché e o interior com 72 páginas em preto e branco, sendo que 12 destas páginas compõem o encarte do Tópicos & Trolls, um drinking game de humor, ironia e paródia sobre fóruns e listas de discussão sobre RPG na internet!

Além da capa, feita pelo grande Daniel Poeira, segue uma breve descrição das matérias presentes na primeira edição do Mamute. Mas estejam avisados: o conteúdo é muito mais divertido, irônico e útil do que eu vou conseguir reproduzir aqui em poucas linhas!

  • Editorial: Meio editorial meio manifesto sobre a proposta do fanzine. Pura classe.
  • A Cerveja Certa para o RPG Certo: Quem melhor que o mestre cervejeiro e apreciador de RPGs indies Daniel Chaves (@danyaell) para escrever este guia de harmonizações entre alguns tipos de cervejas e RPGs?
  • Encaixotando o RPG: Antonio “Pop” Sá já é famoso por seus tutoriais ensinando a montar caixas de RPG no Paragons. Neste artigo ele fez um passo a passo para quem quer começar a encaixotar seus jogos com direitos a fotos e tudo!
  • Estantes: A idéia desta coluna é pegar alguém que já tem um tempo de estrada no RPG, pedir para tirar uma foto de sua coleção de jogos e falar um pouco sobre seus destaques e favoritos. E quem estreou a coluna foi o Guilherme editor da Jambô, falando sobre Falkenstein, Shadowrun e Birthright.
  • Casa de Marimbondo: Um artigo que faz uma retomada do RPG desde os anos 90 e coloca algumas idéias provocativas sobre o faça-você-mesmo e a produção de RPG.
  • Busca Final: Já falei sobre o Busca, o próximo lançamento da Secular Games. O Giltônio, autor do livro, escreveu um pouco sobre a proposta do jogo e seu tema.
  • Entrevista Steve Kenson: Uma breve entrevista com o criador do Mutantes & Malfeitores, na qual fala também de seu mais novo lançamento, o Icons, que utiliza o sistema FATE.
  • A Perfumaria – Fantasia Brasilis: Primeiro artigo desta coluna do Remo no zine! Quem conhece o cara de listas e do .20 sabe que pode esperar algo bem afiado, e ele não decepcionou com um texto excelente sobre fantasia com temática brasileira. E nem adianta torcer o nariz para o assunto, você tem que ler isso!
  • Resistir é Inútil: A pirataria é má, suja e ameaça o mercado! Ou não. Minha proposta neste texto é de avaliar o fenômeno da pirataria por outro lado, e quem sabe até tirar algum uso dela. De brinde um tutorial bem inusitado!
  • O ABC do Metal RPG: Uma versão expandida e mais mais legal do artigo que o Giltônio escreveu por aqui ano passado. Mais bandas, mais RPG, mais metal!
  • Como Eu Gosto de Caixas – Uma Resenha do Warhammer Fantasy RPG: O Tiago, grande fã do Warhammer, voltou a Era das Caixas e escreveu esta resenha da nova edição do WFRPG.
  • Tópicos & Trolls: A cereja no topo do bolo! O Tópicos & Trolls é um encarte removível (desde que você seja hábil com um estilete!) que trás um jogo completo – na verdade um drinking game, para ser jogado nos bares da vida. Como o nome sugere, o T&T simula os já conhecidos, infrutíferos e hilários debates de listas de discussões sobre RPG na internet. Cada jogador assume uma classe de troll, que batalha em cada tópico contra outros jogadores em busca dos maravilhosos Pontos de Ego! Como eu estou muito empolgado com a parada colocarei aqui uma prévia, com a descrição de uma das sete Classes e seu respectivo poder especial!

Blogueiro New School – “Novo post!” “Me dá uma entrevista?” “Ótima dica!” “Vamos criar uma revista eletrônica!” Os anos de exclusão social e cantos da lanchonete da escola ficaram apenas no passado desse jovem empolgado: o blogueiro new school agora tem amigos! Animado, feliz e cheirando a espírito adolescente, esse simpático e construtivo amigo vai um dia se tornar um Administrador de Portal Decadente ou um Coordenador de Lista Histérico (nota: estas também são duas Classes do T&T ), mas quem se importa? “Esse é meu cenário steampunk!”.

Habilidade: “Jabá!”
Este poder obriga o Blogueiro New School a entrar (ou se intrometer, depende do ponto de vista) no turno do próximo troll naquele tópico no qual ele não estiver participando, informando que em seu blog existe um post a respeito do assunto tratado, obrigatoriamente interrompendo algum outro jogador que esteja expondo seu ponto de vista:

a) Caso o troll que ele interrompeu vença a discussão inicial, o Blogueiro New School recebe um dos Pontos de Ego do perdedor, ou;

b) Se o troll interrompido for derrotado, o Blogueiro New School deve virar uma dose junto com ele.

Novamente o zine tá muito legal, e se você ficou interessado e vai a RPGCON sugiro comprar o seu lá mesmo – fizemos 200 cópias desta edição e o plano é não imprimir mais. Acabou já era! Se você não vai pra SP neste glorioso fim de semana, mais ainda assim quero seu Mamute, uso o formulário de Contato e combinamos como lhe enviar uma cópia. Essa gambiarra é só por um tempo: logo o novo site da Secular Games (com uma área do Mamute) estará no ar!

Anúncios

Um pensamento sobre “Lançamento: Fanzine Mamute #01 durante a RPGCon [SP]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s