Financiamento coletivo: Projeto Margem Negra


Ajude a resgatar esses clássicos dos quadrinhos e perca algumas noites de sono.

mncapa_fundo_brancoNo início da década de 1990, Gian Danton e Bené Nascimento (mais conhecido como Joe Bennett), dois rapazes de Belém do Pará revolucionaram os quadrinhos nacionais de terror.

Debaixo de uma árvore centenária, na hora do crepúsculo, eles criaram histórias viscerais, com forte influência de artistas britânicos, como Alan Moore, Neil Gaiman, Dave Mackean, Dave Gibbons e outros.

O traço de Bené era sujo e repleto de detalhes sanguinolentos. O texto de Gian, por outro lado, pesava no lado psicológico, com personagens neuróticos em narrativa não-lineares, repletas de flash backs e tramas paralelas.

mndetelhe_IncuboEssas histórias chegaram a ser consideradas pesadas demais por alguns editores, mas com o tempo foram conquistando o público.

Como a maioria das revistas era vendida dentro de sacos plásticos, a dupla criou uma estratégia para saber quando havia histórias deles: uma Margem Negra nas páginas, que se destacava mesmo com a revista fechada. O que inicialmente era para servir apenas para os dois se tornou uma estratégia de marketing: os leitores que eram fãs da dupla sabiam quando havia histórias deles pela Margem Negra.

E Margem Negra é o nome do projeto que irá resgatar essas histórias, que foram publicadas em revistas diversas, como Mephisto – Terror Negro, A hora do Crepúsculo e Calafrio entre outras.

A edição vai trazer também uma história nova e totalmente inédita, escrita por Gian Danton e desenhada por Joe Bennett assim como uma capa com ilustração nova laminada fosca com verniz localizado, aqui uma previa.

São páginas e mais páginas quase perdidas, muitas das quais só foram encontradas em gibitecas ou com a ajuda dos fãs da dupla e, claro, o famoso porão do editor Franco de Rosa de onde saíram perfeitos e intactos os originais de duas historias completas. Todo esse material está sendo resgatado e reunido pela primeira vez numa edição de 130 paginas (por enquanto).

Participe do Financiamento coletivo pelo Catarse.

Confira a fã page no Facebook.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s