Cyber Mamute: A volta do fanzine Mamute!

Reunir pessoas em torno do conhecimento ou de um ideal não é novidade. Assim como outrora o Zine Mamute, capitaneado pela Secular Games, reuniu um grupo heterogêneo de pessoas para falar sobre jogos, suas crenças, sua forma de enxergar este hobby tão multifacetado quanto seus componentes.

Em sua nova roupagem, virtual e dinâmica, o Cyber Mamute busca não só agregar pessoas que já produzem discursos próximos, mas dar evidência a uma produção e linguagem diferente da corrente no cenário brasileiro.

Apoderando-me das palavras de Igor “Bone” Toscano:

“É sobre o RPG como linguagem, os jogos como mídia e a cena Indie (no sentido literal, de independente) nossa.”

Ou seja, vai ter muito artigo de Game Design, muita opinião, muito jogo novo e experimental disponibilizado gratuitamente, seja ele classificado como larp, jogo narrativo ou RPG. É um espaço para explorar os limites da linguagem e da experiência. E de tudo mais que julgarmos relevante para o cenário independente.

Dividimos esta iniciativa em 7 frentes. Game Design, onde tentaremos desenvolver uma biblioteca de análise da produção brasileira, seu significado e ferramentas. Opinião, onde estaremos livres para criticar tudo, inclusive a nós mesmos. Notícias, onde estaremos focados nas novidades que envolvem a cena independente brasileira e no mundo. Jogos Completos, onde tentaremos reunir os inúmeros jogos independentes desenvolvidos e finalizados para que possas conheçam essa “produção silenciosa”. E uma biblioteca de Vídeos e Áudios, desenvolvidos pelo povo que toca o Rolê Rolista adiante.

E esta iniciativa não é isolada. Se você produz jogos, escreve suas opiniões ou mesmo divaga em conversas de bar, está convidado a publicar conosco. Construímos uma editoria pautada em uma diretriz: “Expandir a linguagem”

Se você se sente parte disso, não se acanhe, escreva e fale conosco. Suba neste Mamute e vamos divulgar o seu rolê.

Acesse o site e clique em conteúdo para ver as seções que estão no ar!

Veja o tópico-a-tópico do Mamute #01 e #02

O Coletivo

GRUPO BOI VOADOR

Núcleo de Pesquisa em larp (Live Action Roleplaying), com sede em São Paulo, busca reconhecer as especificidades, desenvolver e fomentar a linguagem no país.

ROLISTA INDEPENDENTE

Selo pelo qual Eduardo Caetano publica seus jogos como Violentina, Meu Brinquedo Preferido e muitos outros.

SECULAR GAMES

O Coletivo Secular busca produzir jogos narrativos cada vez mais criativos e inovadores. Queremos expandir os limites deste formato e fomentar a comunidade de criadores e jogadores.

ZK STUDIO

Selo pelo qual Julio Matos dá vida para seus jogos como Bravos, Bordeux e muitos outros.

ENCHO INDIE STUDIO

Selo pelo qual Encho Chagas, desenvolvedor do Pulse, Brigada dos Quatro e outros jogos, traz sua produção ao mundo.

O ROLÊ ROLISTA

Diversos autores independentes que seguem a bandeira dos jogos Independentes e contribuem com o Cyber Mamute!

JOHN BOGÉA LAB

Selo pelo qual John Bogéa, autor de Terra Devastada, Abismo Infinito e outros jogos narrativos, assina seus projetos.

O Manifesto

Manifesto Independente de Game Design

Não tenha pudores com sua imaginação.

Ela deve ser louca desvairada, pornográfica, o último ato de rebeldia.

Maníaca obsessiva.

Destemida do horror.

Não a vista com uma camisa de força.

Ela deve correr pelada por aí, só porque é bonito.

2 pensamentos sobre “Cyber Mamute: A volta do fanzine Mamute!

  1. Pingback: CyberMamute #01 – Outubro/16 – RPG News

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s