Financiamento Coletivo: Savage Worlds – Weird Wars II

A Segunda Guerra Mundial nunca mais será a mesma coisa!

O projeto

Desde 2012 o Savage Worlds vem fazendo sucesso no Brasil pela Retropunk. O livro básico já teve duas tiragens, lançamos os 4 compêndios (Horror, Fantasia, Superpoderes e Ficção científica), os cenários Deadlands e Accursed (com suplementos), além de várias aventuras em pdf.

Agora temos uma nova meta, que é colocar o Savage Worlds num outro patamar, jamais atendido por qualquer outro sistema de RPG no Brasil, com a entrada de novos e variados cenários, suplementos e aventuras.

A trilha para esse novo patamar começa aqui, com esse Financiamento Coletivo.

Sempre foi nossa intenção trazer cenários que atendessem a demanda de um estilo ou que não haviam no Brasil ou que não fossem tão explorados, por isso os primeiros cenários que trouxemos para cá foram um de faroeste sobrenatural e um de fantasia sombria (que apesar de ter cenários neste estilo no Brasil, este apresenta particularidades que o tornam único).

Vamos manter essa ideia e trazer cenários bem diferenciados, sendo o primeiro deles o Weird Wars II, um cenário, como já devem ter percebido, ambientado na Segunda Guerra Mundial.

Participe do financiamento coletivo clicando aqui

Os cenários

Como já dito acima, a ideia é liberar vários cenários, então vamos apresentar cada um dos que pretendemos lançar para ajudá-los a decidir a ordem em que vão sair.

Lembrando que os dois primeiros serão fixos, já determinados por nós, os demais serão escolhidos através de enquete.

wwiiWeird War II

No horror da Guerra, coisas sombrias surgem e a Segunda Guerra Mundial é o maior conflito da história. Os Japoneses espreitam nas selvas do Sudeste Asiático. Batalhas de porta-aviões no Pacífico Sul. Tanques deslizam pelo Norte da África. Aviões duelam sobre a Inglaterra. A blitzkrieg Nazista conquista grande parte da Europa com um genocida maluco no comando.

Prepare-se para lutar com as malignas forças do Eixo e com as terríveis coisas que se erguem com o horror da guerra. Não é apenas guerra é Guerra Estranha!

Weird War II contêm tudo que precisa para conduzir aventuras de horror na Segunda Guerra Mundial com o sistema Savage Worlds: novos poderes, Vantagens, Complicações, armas, veículos para as principais forças, um gerador de aventuras, dezenas de Contos Selvagens, novos monstros e uma Campanha de Pontos Chaves de escala operacional que conecta todos os pontos.

A edição brasileira do Weird War II terá aproximadamente 250 páginas em formato 15x22cm (o mesmo de toda a linha Savage Worlds da Retropunk), com capa dura, miolo colorido em papel couchê fosco.

Além disso há o suplemento original “A Cobra Vai Fumar” que apresenta a possibilidade de se jogar com a FEB (Força Expedicionária Brasileira).

winter01Winter Eternal

Winter Eternal não é um cenário pós-apocalíptico. Ele trata do que vem depois do desastre, muitos anos depois quando a civilização começa a prosperar novamente.

Quando o sol explodiu, o continente de Ehlerrac sobreviveu a onda de chamas porque estava no lado escuro do planeta. Então os terremotos e tsunamis o atingiram e milhares morreram, cidades caíram e a paisagem foi despedaçada. O mundo sem luz começou a esfriar rapidamente e os sobreviventes lutaram para encontrar comida e abrigo.

Um grupo de Guardiões da Natureza montou acampamentos e usou sua magia para fazer comida crescer. Pessoas de diferentes raças tropeçaram pela escuridão até esses campos, gratos pela proteção.

Agora centenas de anos depois, os 6 acampamentos se tornaram imensas cidades apertadas, aquecidas e iluminadas por magia. Duas delas são subterrâneas e uma foi construída nas paredes internas de um abismo. As cidades agora são conectadas por ruas fechadas chamadas de Arcadas e viajar atualmente é bem mais seguro.

Alguns anos atrás, exploradores voltaram com cristais laranjas de uma velha cratera. Quando a luz atravessou os cristais gerou uma enorme quantidade de calor. Artífices agora usam estes “cristais solares” para ajudar Ehlerrac a dar seus primeiros passos em uma era industrial a vapor.

É um momento emocionante em Ehlerrac e cabe a seus grupos de Savage Worlds contar as histórias deste mundo escuro e frio, mas ainda vivo.

A edição brasileira do Winter Eternal terá aproximadamente 180 páginas em formato 15x22cm (o mesmo de toda a linha Savage Worlds da Retropunk), com capa dura, miolo colorido e papel couchê fosco.

Os cenários abaixo não estão em ordem. Esta será escolhida através de uma enquete.


daysoftagnarokThe Day After Ragnarok

Poderosos bárbaros e mercenários mal encarados percorrem as planícies desoladas de Ohio. Cobras gigantes, e aqueles que as adoram, rondam as ruínas de St. Louis. Piratas lutam contra invasores japoneses no mar sul da China. Corajosos agentes Britânicos, equipados com biotecnologia experimental frustram a invasão maligna dos humanzees de Stalin. Skyraiders atacam de bases escondidas no Sahara, Deros se escondem em cavernas na América do Sul e Rangers do Texas lutam contra vermes elétricos para salvar Los Alamos.

Kenneth Hite (autor de Rastro de Cthulhu) apresenta um mundo de espadas selvagens e homens foguetes, de homens-serpente e macacos de guerra, desde o destruído império da Austrália até a orgulhosa cidade estado de Chicago.

The Day After Ragnarok inclui regras completas e diretrizes para criar um herói que se encaixe nestes tempos sombrios, incluindo novas Complicações e Vantagens; perigosos dispositivos off-tech construídos com conhecimento arrancado da Coisa que quase matou o mundo: bombas de fibra, pistolas Marconi, jet-packs e muito mais!

Um tour pelo mundo pós-apocalíptico de 1948, desde a Costa Leste inundada até o Império Soviético além da Cortina da Serpente; estatísticas para mais de trinta inimigos para atirar, apunhalar ou evitar: cultistas serpente, soldados Spetsnaz, demônios do pântano e… cobras! Cobras gigantes com 24 metros de comprimento! Mais de 20 páginas de pura aventura: quatro tipos de campanha. Quatro exemplos trabalhados, usando os números brutos do Gerador de Aventuras.

Além disso tudo está o cadáver de um trilhão de toneladas da Serpente de Midgard, morta pelo fogo atômico de Truman, mas que continua envenenando a Terra a cada noite que passa. Bem vindo ao mundo no fim do mundo.

Bem vindo à… The Day After Ragnarok

A edição brasileira do The Day After Ragnarok terá aproximadamente 150 páginas em formato 15x22cm (o mesmo de toda a linha Savage Worlds da Retropunk), com capa dura, miolo preto e branco e papel couchê fosco.

brokenearthBroken Earth

Bombas caíram. Bilhões morreram. Agora você deve reunir os pedaços e reconstruir esta Terra Quebrada.

Broken Earth é um cenário de aventura que se passa em uma versão pós-apocalíptica da Terra. Ele lida com uma pequena fração do mundo, aquele que já foi o norte do meio oeste Americano, e uma pequena parte do sul do Canadá. Broken Earth oferece muitas localidades e aventuras, mas também dá aos heróis liberdade para explorar o mundo.

Este livro traz tudo que o mestre precisa para narrar uma campanha longa, incluindo localidades, NPCs, pontos chave, monstros mutantes e uma aventura inicial detalhada para reunir o grupo. Você também encontrará novas Vantagens, poderes e regras de Ambientação.

A edição brasileira do Broken Earth terá aproximadamente 220 páginas em formato 15x22cm (o mesmo de toda a linha Savage Worlds da Retropunk), com capa dura, miolo preto e branco e papel couchê fosco.

steamcapesSteamscapes: América do Norte

A América do Norte em 1871 é uma terra de aventura, oportunidade e conflito. Inventores da União Consolidada Americana fornecem autômatos e maquinários a vapor para os campos de óleo do Texas e para as minas da República das Montanhas Rochosas. Aeronaves Wells Fargo e carroças a vapor competem pelo monopólio da viagem transcontinental do Pacífico Sul. Sabotadores nativos atacam além de suas fronteiras na Federação Tribal das Planícies para destruir a tecnologia que ameaça sua terra.

Steamscapes: América do Norte é o primeiro cenário da linha Steamscapes. Ele inclui bastante material de história alternativa para as quatro mais proeminentes nações da América do norte e oferece seis novas profissões associadas a perícias e árvores de Vantagens, assim como o modelo racial Autômato. Ele oferece vários cenários introdutórios e uma variedade de modelos de personagens para os Mestres e jogadores poderem começar a jogar imediatamente.

A edição brasileira do Steamscapes: América do Norte terá aproximadamente 130 páginas em formato 15x22cm (o mesmo de toda a linha Savage Worlds da Retropunk), com capa dura, miolo colorido e papel couchê fosco.

dragonheimDrakonheim: Cidade dos Ossos

Porque a chamam de Cidade dos Ossos?

As pessoas começaram a chamar assim quando o fundador da cidade matou o dragão Ignomua e usou seus ossos para construir as muralhas de Drakonheim.
Isso teve um novo significado após o Império cair. Os palácios de mármore se tornaram restos esqueléticos de uma civilização morta.
Agora há uma terceira razão. Os ossos dos mortos que andam pelas ruas. Esqueletos e zumbis. Porque não os tememos? Nós tememos sim, é claro. Mas que escolha temos?
– Gavin Kipp – guia.

Para salvar a cidade do desastre, Drakonheim fez um acordo com a cabala de necromantes. Agora essa cabala, a Sociedade Cinzenta, mantém o poder real da cidade.

Drakonheim é uma cidade de fantasia cheia de intriga e cercada de perigos. Goblins vivem nos esgotos, mortos andam pelas ruas e aristocratas disputam o poder. Hobgoblins vagam pelas planícies ao norte, o povo lagarto governa os pântanos ao sul e todos os tipos de monstros caçam nas montanhas à oeste.

A versão para Savage Worlds de Drakonheim contém: novos arquétipos, duas novas raças (goblin e hobgoblin), novas Complicações e Vantagens, equipamentos, deuses, novas manifestações para poderes, além de regras expandidas para necromantes e mortos vivos, estatísticas para os 29 NPCs descritos no livro de cenário e um gerador de aventuras

A edição brasileira do Drakonheim: Cidade dos Ossos terá aproximadamente 130 páginas em formato 15x22cm (o mesmo de toda a linha Savage Worlds da Retropunk), com capa dura, miolo colorido e papel couchê fosco.

A editora

A Retropunk está no mercado desde 2010 com o anúncio do Rastro de Cthulhu (que graças a um financiamento coletivo acabou de ganhar uma reimpressão) e de lá para cá já lançou vários jogos, como o próprio Rastro de Cthulhu, Fiasco, Este Corpo Mortal, Savage Worlds, Terra Devastada e entre outros.

Sempre prezando pelo respeito aos nossos consumidores e transparência, nós da Retropunk também tentamos sempre inovar quando trazemos um novo financiamento.

Fomos a primeira editora a liberar o pdf de seu produto durante o financiamento e também a primeira a entregar os produtos bem antes do prazo estabelecido. No financiamento dos Compêndios, os livros, como não se bateu a meta para tal, deveriam ter saído com miolo preto e branco, mas a Retropunk surpreendeu mais uma vez e completou o dinheiro para que saíssem coloridos.

Então, pela primeira vez no Brasil, vamos fazer um Financiamento Coletivo que pode liberar vários cenários diferentes para Savage Worlds!

Além disso, vamos estipular apenas o cenário que vai sair na meta principal e na primeira meta extra, os demais cenários serão escolhidos através de votação por vocês, financiadores. Nossa intenção é que todos saiam, mas a ordem em que eles vão aparecer será escolhida pela maioria.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s