A Bandeira do Elefante e da Arara – Livro de Interpretação de Papéis e Eventos de lançamento

A Bandeira do Elefante e da Arara: Livro de Interpretação de Papéis instiga jogadores a explorar um vasto território ainda desconhecido pelos colonizadores no Brasil

Reúna seus amigos e explore o mundo fantástico de A Bandeira do Elefante e da Arara. Crie seu próprio personagem e participe de aventuras ilimitadas no Brasil Colônia. Enfrente as criaturas lendárias que habitam o imaginário popular. Mude a história do país com uma jogada dos dados.

“As sessões de RPG fizeram parte de toda a minha infância e adolescência. Desde os 7 anos tive que me virar nas primeiras sessões, tentando entender o que estava acontecendo. Já aos 14 era mestre de aventuras e bolava dezenas de desafios, encruzilhadas e personagens interessantes. Quase como um laboratório, onde se vive outros tantos papéis, hoje percebo o impacto desta experiência na minha vida.

A simulação de um personagem, dentro de um contexto lúdico, me permite testar e experimentar o que levaria anos e muitos tropeços se fosse na vida real. Tentar viver e sentir o que é ser um herói, um antagonista, um ladrão ou um paladino, todas essas foram oportunidades de colocar em prova aquilo que queria ser como ser humano na vida real. Não pensamos assim com tanta clareza quando jogamos, mas os sentimentos positivos e negativos nos marcam, e influenciam como queremos ser de fato. Se os atos heroicos no RPG me deixam pleno e feliz, isso me faz querer buscar o heroísmo para também construir a minha vida real”.

Saulo Camarotti

Fundador do Behold Studios, estúdio criador dos premiados games Knights of Pen & Paper e Chroma Squad.

Release

Já imaginou se você pudesse criar aventuras incríveis e desbravar o Brasil na época do descobrimento junto com seus amigos? É essa a ideia de A Bandeira do Elefante e da Arara: Livro de Interpretação de Papéis, que será lançado em novembro. O livro é uma adaptação da série de mesmo nome para o mundo dos jogos analógicos de RPG, instigando os jogadores a explorar um vasto território ainda desconhecido pelos colonizadores.
Com uma mecânica simples e contendo diversos dados históricos e culturais, o livro foi inspirado nas aventuras da dupla de heróis da série A Bandeira do Elefante e da Arara: o holandês Gerard van Oost e o iorubano Oludara, que se encontram em uma versão fantástica do Brasil Colônia do século XVI. Em suas jornadas, eles percorrem cada canto do país e, no caminho, esbarram com diversas populações e grupos étnicos, desde goitacás e tupinambás até jesuítas e bandeirantes. Porém, o cenário fica ainda mais intrigante à medida em que surgem lendas indígenas e figuras do folclore brasileiro, como sacis, caiporas e curupiras: todos dotados de destreza e poderes mágicos.

Agora em formato de RPG, os leitores de A Bandeira do Elefante e da Arara podem imergir e interagir no universo fantástico e colonial da série, fazendo com que cada decisão de seus personagens seja crucial para os caminhos percorridos da história do Brasil.

O livro é o resultado de dez anos de pesquisa e possui uma mecânica própria e simples baseada em três dados de seis lados, facilitando seu uso para o público iniciante e sendo uma bela porta de entrada para a criançada entrar no universo dos jogos de interpretação. Além disso, ao invés de características físicas e mentais natas, o livro utiliza a capacidade de adquirir conhecimento dos personagens para aumentar pontos em habilidades como equitação, escalada, conhecimento em armas de fogo, natação e outros.

“Acredito que habilidades natas não existem. Quem quer mais força física deve fazer exercícios. Quem gostaria de adquirir mais conhecimento precisa ler e estudar. Começamos com uma premissa simples: com dedicação e esforço, se pode aprender qualquer coisa nesta vida”, salienta Christopher Kastensmidt, autor da série.

O panorama editorial de livros de interpretação de papéis é geralmente recheado de referências históricas dos países nórdica e dos Estados Unidos. Foram poucos as publicações do tipo que se aprofundaram no contexto do Brasil, com destaque para a obra “Desafio dos Bandeirantes”, lançada em 1992. Desde então, o cenário brasileiro foi pouco explorado por aventuras e campanhas de RPG. “O Brasil desta época oferece um prato cheio para aventuras. É uma época instigante por causa da convergência de culturas no litoral e pelo vasto território ainda desconhecido pelos colonizadores”, avalia Christopher.

O lançamento ocorre em eventos presenciais em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Fortaleza e Porto Alegre nos meses de novembro e dezembro. Em São Paulo, o livro será lançado durante a programação da Virada Nerd no dia 2 de dezembro, às 15h, no Museu da Imagem e do Som (MIS). O evento, organizado pela editora Devir Brasil, ainda conta com o “Primeiro dia do RPG Grátis”, onde serão distribuídos exemplares da aventura “A Lenda da Ave Dourada”, do autor João Beraldo, no MIS e nas 34 lojas participantes.

A primeira versão será publicada pela editora Devir Brasil com capa dura, 208 páginas e um preço sugerido de R$ 28,00. O livro contém um bestiário com mais de 70 criaturas inspiradas no folclore e fauna nacionais, 50 ilustrações inéditas, uma aventura pronta e um resumo da vida no Brasil em 1576. O projeto está sendo realizado com o apoio da Lei de Incentivo a Cultura do Governo Federal e patrocínio do Banco De Lage Landen.

Sobre os artistas:

As histórias criadas pelo escritor norte-americano Christopher Kastensmidt já conquistaram o público internacional, com edições à venda em português, inglês, chinês e espanhol. Radicado no Brasil desde 2001, é autor de prosa, quadrinhos e poemas publicados em diversos países. O mundo ficcional da série A Bandeira do Elefante e da Arara já lhe rendeu o prêmio da revista Realms of Fantasy e uma indicação no prestigioso Prêmio Nebula. Christopher já participou da criação de trinta games, totalizando milhões de unidades vendidas, e chegou a ser diretor criativo da Ubisoft Brasil. Atualmente, ele é professor nos cursos de jogos digitais e letras da UniRitter, no Rio Grande do Sul.

O livro é dedicado ao recém-falecido editor Douglas Quinta Reis, que esteve envolvido com a publicação da série no Brasil desde 2010. A obra ainda ainda conta com a participação de Vitor Severo Leães como produtor e dos artistas Ursula “SulaMoon” Dorada, Rodrigo Camilo, Cássio Yoshiyaki, Ernanda Souza, Marcela Medeiros, Gabriel Rubio e Guilherme Da Cas.

Serviço:

A Bandeira do Elefante e da Arara: Livro de Interpretação de Papéis

Lançamentos presenciais em  dezembro:

SÃO PAULO – 2 de dezembro – Virada Nerd no Museu da Imagem e do Som (MIS)
(Presença do autor Christopher Kastensmidt, dos artistas SulaMoon e Gabriel Rubio e de João Beraldo, autor da aventura “A Lenda da Ave Dourada”, em painel às 15h, seguida de sessão de autógrafos.)

RIO – 9 de dezembro – Livraria Cultura, Cine Vitória
(Presença do autor Christopher Kastensmidt e do artista Rodrigo Camilo.)

SALVADOR – 18 de dezembro – local a ser anunciado
(Presença do autor Christopher Kastensmidt. Nos dias 16 e 17 de dezembro, Christopher tem participação especial no evento Anipólitan, que acontece no Campus I da Unime Salvador.)

Formato:

Formato: 21cmx28cm
Estrutura: 208 páginas; 4×4 cores, couchê brilho 90g
Capa dura, cores 4×0, papelão nº 15 revestido por papel couchê fosco 170g, com laminação fosca frente e reserva de verniz;
Guardas: 1×1, Pantone, em papel offset 180g;
Acabamento: lombada quadrada, costura e cola.
Preço: R$28

Saiba mais:

Prévia do livro
Site oficial da série
Facebook

Link para venda:

Compre na Livraria Cultura

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s