Financiamento Coletivo: Four Against Darkness – Edição Brasileira

paperbackstack_800x715

Um jogo solitário de exploração de masmorras!

Na escuridão da masmorra, você tem de contar com a sorte e com seus companheiros.

Você está pronto para se aventurar numa masmorra escura, guiando um grupo de quatro bravos heróis para a glória? Então você quer Four Against Darkness em sua coleção de jogos.

Fale-me sobre o livro

Four Against Darkness é um jogo de exploração de masmorras solitário.

Você não precisa de miniaturas ou um grupo de jogo: basta ter o livro, lápis e borracha, dois dados comuns de seis faces, e papel quadriculado.

No jogo básico, você escolherá quatro personagens dentre a lista de classes e raças permitida (guerreiro, mago, ladrão, halfling, anão, bárbaro, clérigo, ou elfo), definirá seus equipamentos, e começará a se aventurar em masmorras criadas por uma mescla de rolagens de dados e suas escolhas. Quando entrar num aposento, você usará uma série de tabelas aleatórias para descobrir o que há ali, podendo encontrar monstros, lutar contra eles, talvez derrotá-los (ou fugir, caso se faça necessário), além de administrar seus recursos (cura, magias, pontos de vida, equipamento), saquear tesouros, evitar armadilhas, encontrar pistas, e até mesmo aceitar missões dadas por alguns monstros que encontrar. Conforme suas personagens evoluírem, elas ficarão mais poderosas e terão mais facilidade para lidar com os desafios, mas nunca será fácil sobreviver à escuridão da masmorra.

É um jogo de miniaturas? Não. Você até pode usar algumas para determinar a ordem de marcha de suas personagens, mas isso não é necessário.

É um RPG? Não! Até é possível adaptar para jogar de forma cooperativa sem um Mestre de Jogo, mas Four Against Darkness é essencialmente um jogo solitário.

É um jogo onde você escolhe seu caminho usando parágrafos numerados pré-escritos? Não! Tudo é gerado conforme você explora a masmorra!

O que Four Against Darkness é? Um fantástico jogo de aventura, e ele pode ser seu!

Clique aqui para apoiar o projeto!

Quem é o autor do livro?

Four Against Darkness, de autoria de Andrea Sfiligoi, chega ao Brasil como um projeto de Marcelo Paschoalin. Jogando RPG desde 1986, Marcelo é escritor de literatura fantástica, autor e tradutor de RPG, Druida, Mestre Maçom, Chevalier da Ordem DeMolay, professor de tarot, e divide seu lar com 7 (sete) gatos – sim, ele tem sete(!) gatos no apartamento dele.

Dentre os financiamentos coletivos que já organizou com sucesso, os de RPG incluem AtisiFoices & FeitiçosSaqueadores na Fronteira, zauBeR, Aventuras, Foices & Feiticos, Mundos Antigos: AtisiPerdidos, e também o RPG Ancient Worlds: Atisi, resultado de um financiamento coletivo internacional.

Por que apoiar o projeto?

Four Against Darkness não é apenas um jogo solo de exploração e aventura: ele é mais um marco em nossa caminhada, aliando RPG e jogo de tabuleiro, para que tenhamos cada vez mais material de qualidade em português! Apoiar este projeto significa dar ferramentas a desenvolvedores, mostrando que há mercado para que muito mais surja, mostrando o reconhecimento que temos por esses profissionais.

Agora temos duas notícias: a boa e a melhor ainda.

A boa notícia é que a estrutura do livro já está quase toda pronta. Sim! Tão logo termine a campanha, o texto será enviado para tradução, e, então, passará por revisão e preparação para incluirmos a arte e finalizarmos a diagramação. Com o projeto financiado, tudo indica que todos receberão seus livros até o fim de setembro de 2020!

A notícia que é melhor ainda é o fato de que os valores de financiamento coletivo deste projeto são pequenos: mesmo com pouco investimento você poderá receber o livro impresso na sua casa!

Especificações técnicas

O livro original tem 90 páginas em inglês, o que deve se transformar em umas 115 na versão traduzida (embora tentemos deixá-lo o mais próximo do original), com miolo preto e branco em papel couché com 150g/m² de espessura, e capa colorida em papel de gramatura 250g/m² ou superior, com acabamento brilho. O livro será costurado e colado para garantir uma maior durabilidade e resistência ao uso nas mesas de jogo. Seu formato será de 14x21cm, similar ao tamanho de uma folha A5.

Apoiando o projeto

Participar deste financiamento coletivo e tornar Four Against Darkness uma realidade é muito fácil. Funciona basicamente como uma pré-venda, ou seja: você apoia o projeto e, ao fim da campanha, recebe o livro. A diferença é a seguinte: se não batermos a meta proposta, ninguém paga nada: você só vai pagar se o livro se tornar realidade! Isso garante a lisura no processo todo e você tem a certeza de que seu investimento terá um retorno.

Agora, entender como apoiar o projeto, basta seguir três passos: escolher a recompensa desejada, fazer o apoio, e compartilhar a campanha com seus amigos.

Escolher a recompensa é o primeiro passo. Dê uma olhada na relação acima e veja qual chama sua atenção. Na dúvida, escolha Lutando contra a escuridão, que lhe dará direito a um exemplar do livro impresso e em PDF (essa provavelmente será a recompensa mais escolhida na campanha), mas veja as outras opções também — e note que algumas são limitadas.

Fazer o apoio é o segundo passo. É aí que entra aquela parte na barra lateral direita (–>). É só encontrar a recompensa escolhida, clicar sobre ela, e escolher o tipo de frete (basicamente, há a opção de frete nacional, mas se houver demanda a gente inclui outra modalidade). Aí você confirmará o valor do apoio e será levado a outra página, para inclusão dos seus dados e escolher a forma de pagamento (pode ser via boleto bancário ou cartão de crédito, e ainda pode ser parcelado dependendo do valor).

Compartilhar a campanha é o último passo. Quanto mais pessoas souberem, maiores as chances de batermos a meta. E é uma questão de matemática básica: se você gostou e apoiou o projeto, você também quer que ele seja um sucesso — assim, se cada um como você conseguir o apoio de mais duas pessoas, triplicamos o número de apoiadores!

2 pensamentos sobre “Financiamento Coletivo: Four Against Darkness – Edição Brasileira

  1. Com um licença gratuita na gringa, o brasileiro cobra 7000 reais pra publicar!! Esses brasileiro metido a esperto, tem tantos!! Outro que também é gratuito a lincença é o Bárbaros da Lemúria e estão pedindo 16.000 reais pra publicar! Eles alegam que vão criar artes novas com parte do dinheiro!! É uma festa!!

  2. Pingback: O RPG brasileiro em 2019: Parte 2 – Novos (e antigos) rumos – RPG News

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.