O RPG brasileiro em 2019: Parte 1 – A “nova” elite (D&D5, T20 e Path2)

D&DPHBÉ possível dizer que tivemos muitas novidades boas no RPG brasileiro deste ano, seja em financiamento coletivos ou em vendas diretas. Então o que eu vou trazer aqui, diferente dos outros anos não será uma retrospectiva e sim, um panorama de como está o RPG brasileiro. Esta primeira parte abrangerá o que posso chamar de elite, o que os financiamento coletivos provaram serem os mais importantes: Dungeons & Dragons 5ª edição (esse caso não foi financiamento, mas falo depois dele), Tormenta20 e Pathfinder 2ª edição. A segunda parte abrangerá os outros RPGs, já que vou precisar de tópicos pequenos pra falar deles. Aqui serão só três, mas de forma mais abrangente.

Vamos começar pelo mais popular (no mundo):

Dungeons & Dragons 5ª edição (Galápagos Jogos)

Finalmente foi lançado no Brasil a edição mais recente do RPG mais famoso do mundo (ela é de 2014!), após uma troca de empresas, processos e polêmicas. Eu adquiri na mesma semana do lançamento pelo Submarino (a Place Games, que também vende pela Amazon). Após muitas polêmicas sobre o termo, como Salvaguarda para Teste o que era antes Resistência ou Bugurso para Bugbear (aparece na dedicatória do Livro do Jogador e o livro Monstros & Tesouros da Wizards publicado por aqui pela Excelsior em parceria com a própria Galápagos). Entre este mês e o vindo mês deve sair o Livro dos Monstros, o Escudo do Mestre e depois o livro dos Mestres.

A qualidade do papel está boa, ainda que não tenha o reforço na contracapa que tem a versão em inglês e a impressão parece mais clara. Algumas fotos que tirei para comparação:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Talvez a maior polêmica seja a errata não oficial que ficou enorme. O site Lote do Betão  postou essa compilação (pode ser vista no Facebook também aqui por Luís Otávio e aqui por Alexandre Nigre) e nos comentários há a discórdia sobre se a Galápagos quer realmente mapear os erros ou se corrigirá somente em uma reimpressão (o que há de se dizer, é muito errado). O jeito é esperar uma resposta oficial da Galápagos (que até agora não se pronunciou). Um outro detalhe é que não há nem haverá PDF de forma oficial pela editora, mas isso mesmo a própria Wizards não tem. Ela tem o seu próprio canal de vendas de PDF (a DM’s Guild ligada ao DriveThru RPG) e esta não possui os básicos.

O livro foi vendido de início por algumas livrarias e logo estava na Amazon e no Submarino, foi a venda no site da própria Galápagos, mas agora não é mais encontrado. Eu comprei por 160 reais, mas atualmente, cerca de duas semanas depois, o livro é encontrado a 215 reais! (isso quando não é a versão em inglês ou uma impressão fajuta de uma tradução fanmade). A Galápagos prometeu vários lançamentos entre este ano e ano que vem, se realmente criar-se um ritmo e este for mantido, será excelente.

Por fim, dois vídeos de unboxing para ajudar a ver como está o livro:

Por Thiago Rosa “Shinken” do RPGNotícias

Canal Pato Amarelo

tormentaplaytest21Tormenta20 (Jambô Editora)

Tormenta20 após o financiamento (R$ 1.918.486 por 6353 pessoas, cerca de R$301,98 de cada um) ainda se encontra em fase de playtest público. É o único dos três que ainda não tem versão definitiva.

No momento estamos no playtest 2.1 (o da foto, ainda que a capa mostre 2.0. Já falamos dos outros playtests aqui assim como das votações que definiram as Raças e Classes que estarão presentes no módulo básico.

O Playtest não inclui todas elas, fazendo somente uma amostragem, sendo as mesmas Raças do Tormenta RPG, com acréscimo do Cavaleiro, Inventor, do Lutador e do Nobre nas Classes, além da fusão entre Mago e Feiticeiro no Arcanista e da mudança de termos: Ranger virou Caçador (no D&D4 da Devir é Patrulheiro e no D&D5 da Galápagos tornou-se Guardião, aliás, a Wizards já lançou várias versões revisadas desta classe) e a Swashbuckler tornou-se Bucaneiro. As Origens (Antecedentes no D&D5 e Biografias no Pathfinder2) também sofreram várias mudanças entre os playtests, tornando-se mais interessantes para os jogadores. Os Talentos, opcionais, são cerca de 66, contra centenas da versão anterior. O Livro do Jogador de D&D5 tem 45, aonde lá eles também são opcionais. Talvez a maior polêmica deste playtest foi a descrição dos Deuses, na qual por exemplo, os Clérigos de Valkaria são proibidos de ter casar ou ter qualquer tipo de união estável, além disso, estando no ponto permitido, qualquer pessoa pode ser devota de qualquer deus, sem restrição de Tendência/Alinhamento. Esta regra, inclusive, dá-se a entender que será opcional. A previsão de entrega do livro básico é Janeiro de 2020.

Pathfinder2ePathfinder 2ª edição (Editora New Order)

Outro financiamento de sucesso, R$ 531.673 por 1.674 pessoas (R$317,60 por pessoa), a New Order agiu de forma diferente da Jambô: enquanto a Jambô prometia mais conteúdo para o módulo básico, a New Order prometia mais suplementos conforme a meta era batida (eu só consegui o básico e o bestiário em PDF). A New Order aproveitou também para capitalizar de uma forma muito boa: quem achasse mais erros no Livro Básico, ganharia prêmio e o evento estava aberto apenas a quem participou do financiamento, foi batizado de Fãquipe e dava créditos na loja da editora. Lembrando que o PDF do módulo básico foi liberado durante o financiamento coletivo. Logo deveremos ter uma atualização deste e o lançamento do PDF do bestiário. Estes dias foi enviado este email com o prazo dos livros:

Livro Básico: O livro está passando pela última diagramação com a implementação dos apontamentos da Fãquipe. A versão final do PDF deve ficar pronta até dia 15 de novembro (pode haver variação para antes ou depois dessa data).

Bestiário: O livro já está 100% traduzido e em processo de revisão. A diagramação já está sendo preparada para agilizar o processo quando o texto estiver totalmente pronto. Nossa programação e expectativa se mantém para entregá-lo até dia 31 de outubro.

Escudo do Mestre: Arquivo 100% finalizado, aprovado pela Paizo e pronto para ir para a gráfica quando os livros de capa dura também estiverem nesse estágio.

Nós É Herói?: Arquivo 100% finalizado, aprovado pela Paizo e pronto para ir para a gráfica quando os livros de capa dura também estiverem nesse estágio.

Baralho de Acertos Críticos: Arquivo 100% finalizado, aprovado pela Paizo e já enviado à Copag (gráfica das cartas) para adequação dos arquivos conforme solicitado pelo fornecedor. Somente após eles nos informarem como devem ser feitas as adequações nos arquivos é que as cartas entram em produção nas máquinas.

Baralho de Falhas Críticas: Arquivo 100% finalizado, aprovado pela Paizo e já enviado à Copag (gráfica das cartas) para adequação dos arquivos conforme solicitado pelo fornecedor. Somente após eles nos informarem como devem ser feitas as adequações nos arquivos é que as cartas entram em produção nas máquinas.

Pacote de Fichas de Personagem: Tradução iniciada. Previsão de entrega se mantém para até 31 de outubro.

Pendor da Pedra Pestilenta: Aventura 40% traduzida. Mantemos a previsão de entrega para até 31 de outubro.

Sociedade Pathfinder: Tradução do Guia da Sociedade iniciada. Ainda não podemos precisar a data de entrega final, mas a intenção é que seja ainda esse ano.

Presságios Perdidos: Guia de Cenário: Esta grata surpresa já está 90% traduzida! O PDF seria entregue em dezembro/2019 e a versão física em abril/2020, mas adiantamos a previsão de entrega do PDF para novembro/2019. Nossa intenção é adiantar também a impressão dele, para dezembro/2019, junto do Livro Básico e do Bestiário, mas dependemos de alguns processos sobre os quais não temos controle e por enquanto não podemos dar certeza.

Trilha de Aventuras Era das Cinzas: Tradução programada para iniciar em novembro. Volumes #1 e #2 previstos para entrega em dezembro/2019. Volumes #3 a #6 previstos para entrega até junho/2020.

Presságios Perdidos: Guia de Personagem: Entrega prevista para 2º semestre de 2020.

Em breve (talvez semana que vem) voltaremos com a segunda parte do artigo, falando sobre o que podemos esperar sobre os outros RPGs.

2 pensamentos sobre “O RPG brasileiro em 2019: Parte 1 – A “nova” elite (D&D5, T20 e Path2)

  1. Pingback: O RPG brasileiro em 2019: Parte 2 – Novos (e antigos) rumos – RPG News

  2. Pingback: Pré-Venda: Tormenta20 + Campanha Fim dos Tempos – RPG News

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.