Financiamento Coletivo: Três Reinos, o jogo da Bandeira do Elefante e da Arara

ABEA 3R # Promo Três Reinos

Três Reinos, o primeiro jogo digital baseado no mundo de A Bandeira do Elefante e da Arara, entra hoje em financiamento coletivo

O premiado universo multimídia, que já conta com livros, contos, quadrinhos e um RPG de mesa, vai se expandir para o mundo dos games

A Bandeira do Elefante e da Arara (ou ABEA, como é conhecida pelos fãs), um universo ficcional de fantasia ambientada no Brasil Colônia, vai iniciar seu primeiro financiamento coletivo hoje, na plataforma Catarse. O objetivo é garantir os recursos necessários para realizar o primeiro game da série, chamado Três Reinos, em desenvolvimento pelo recém-formado Time Galleon Studio.

ABEA 3R # Arte de Acampamento - Baltasar conversando com Dayo

O game Três Reinos está sendo projetado para simular a boa e velha experiência do RPG de mesa, baseado no sistema de regras desenvolvido para o RPG de ABEA. O jogador poderá formar um grupo de até quatro personagens que irão se aventurar na região entre Olinda e São José do Maranhão. Os personagens se deslocam através de mapas regionais ou locais, os combates são realizados por turnos, e o desenvolvimento da narrativa se dá por meio de decisões em textos descritivos e diálogos.

ABEA 3R # Arte de Batalha - Combate 2
A narrativa é focada em Baltasar, um jovem português que veio até a colônia atraído pela promessa de uma vida de aventuras, um continente de descobertas, e a chance de redenção. Suas escolhas darão início a uma série de eventos envolvendo um indômito touro negro, uma tribo de guerreiras indígenas e uma entidade ancestral, em um conflito que mudará para sempre o destino do novo continente.

ABEA 3R # Arte de Exploração - Mapa Local
Christopher Kastensmidt, criador de ABEA, trabalhou muitos anos na indústria de games, inicialmente na Intel (Califórnia), e depois na Southlogic Studios e na Ubisoft Porto Alegre. Escreve ele: “Estou muito emocionado em ver este projeto se concretizar. Formamos o Time Galleon Studio com a pretensão de desenvolver grandes narrativas digitais no mundo de ABEA. Juntamos uma equipe sensacional e é uma grande honra contribuir com eles na realização de Três Reinos, que será o projeto mais ambicioso dos 13 anos que estou trabalhando com este universo.”
Pablo Abraham, produtor do game, explica: “Quando começamos a desenvolver Três Reinos, nossa maior preocupação era manter a essência e boa parte da experiência do RPG de mesa. As regras de interação com o mundo são as mesmas do livro de ABEA, o jogador pode usar habilidades para explorar, socializar, combater e até mesmo interagir com seus hobbies. Além disso, tem um cenário rico em fantasia, cultura e folclore brasileiro, um berço perfeito para uma narrativa cheia de aventura, com possibilidades de escolhas que impactam profundamente o desenvolvimento da história. Três Reinos é tudo isso, feito para jogadores que gostam de uma boa aventura com elementos de RPG.”

ABEA 3R # Arte de Diálogo - Inaiê e James conversa com José
Obras baseadas em ABEA já foram publicadas em sete países e já concorreram a prêmios internacionais de grande relevância, como o Jabuti, o Nebula (EUA), o ENnie (EUA), o Amaltea (Espanha), entre outros. No Brasil, o RPG e as histórias da série são publicadas pela Devir Livraria. O RPG já alcançou um público de milhares de jogadores ao redor do país, e está presente em centenas de escolas.
Pessoas interessadas em apoiar a campanha devem acessar: www.catarse.me/tresreinos .

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.