Financiamento Coletivo: A Herança de Cthulhu

Sobreviva em um mundo destroçado por Cthulhu neste incrível RPG!

“Então, sussurrou Castro, aqueles primeiros homens criaram o culto em torno de pequenos ídolos que os Grandes lhes mostraram, ídolos trazidos de estrelas escuras para zonas sombrias. Esse culto não morreria jamais até que as estrelas estivessem de novo em posição e os sacerdotes secretos tirassem o grande Cthulhu de Sua sepultura para reanimar Seus súditos e recuperar Seu domínio sobre a Terra. O momento seria fácil reconhecer pois a humanidade se teria tornado então como os Grandes Antigos, livre, selvagem, e além do bem e do mal, com as leis e os comportamentos morais deixados de lado, e todos os homens, em júbilo, gritando, matando e festejando. Os Antigos libertadores lhes ensinariam então novas maneiras de gritar, matar, festejar, se divertir, e toda a Terra arderia em um holocausto de êxtase e liberdade. Até lá, o culto, através de ritos apropriados, devia manter viva a memória daqueles costumes ancestrais e transmitir secretamente a profecia de sua volta”.

H. P. Lovecraft – O Chamado de Cthulhu

As palavras de Castro se mostraram verdadeiras com o passar do tempo. A humanidade se perdeu em meio a conflitos, guerras, doenças e na busca incessante pelo poder, trazendo desgraça a todo o mundo. A destruição causada pelos ricos e poderosos, cujo senso de responsabilidade foi esquecido, criou grandes abismos sociais e, com ele, violência, fome e desespero.

No fim, quando parecia que as coisas não poderiam ficar piores, aqueles que sempre estiveram aguardando se revelaram em júbilo: sacerdotes e cultistas, espalhados por todo mundo, realizaram o grande ritual que trouxe de sua morada Cthulhu, o primeiro dos Grandes Antigos a se revelar, que devastou por completo a civilização como conhecemos a frente de uma horda de monstruosidades cuja simples visão trazia loucura e morte.

Clique aqui para apoiar o financiamento no Catarse

Os sobreviventes e os refúgios

Após o desastre e morte de bilhões de pessoas, poucos sobreviventes ainda buscam resistir em meio aos escombros daquilo que foram suas casas e cidades, buscando esperança em simples vitórias, resistindo dia após dia em meio ao reino de monstros e aqueles que decidiram servi-los!

Você estará na pele destes sobreviventes, se escondendo em refúgios a espera de oportunidades de buscar comida, remédios, armas e equipamentos para resistir a destruição quase certa, lutando diariamente contra pessoas tomadas pela loucura, cultistas, sacerdotes sombrios e o pior: as crias perversas de Cthulhu, que podem deixar um homem louco apenas com sua presença!

Existem três formas de jogar A HERANÇA DE CTHULHU:

Jogador Solo: na primeira forma de jogar, um jogador cria um ou mais sobreviventes e interage com eles no cenário criado. Assim, é possível jogar A HERANÇA DE CTHULHU sozinho, interagindo com o cenário através de rolagens de dados nas tabelas pré-definidas, desenrolando aos poucos a história das personagens.

Grupo de Jogadores: na segunda forma de jogar, você e seus amigos utilizarão as ferramentas para geração e condução do jogo sem a necessidade de um Narrador. Assim, os eventos e personagens aparecerão de acordo com rolagens nas tabelas pré-definidas, enquanto vocês irão reagindo da forma que acharem mais comum as suas personagens.

Mediador: por fim, a terceira forma de jogar é com um dos jogadores fazendo o papel de Mediador, algo semelhante ao Mestre/Narrador de outros RPGs. O Mediador responderá as perguntas no lugar do Oráculo, pedirá os testes para realização das ações básicas, rolará os eventos e mediará as ações dos jogadores, tendo a liberdade de inserir elementos diferentes no meio da história.

Banner

Como será o livro

O jogo A HERANÇA DE CTHULHU será apresentado em um livreto com capa em papel Supremo com 250 g/m2 e miolo com 64 páginas (este número poderá aumentar em caso de metas batidas durante o Financiamento Coletivo) de papel Offset 90 g/m2, totalmente colorido. A arte ficará a cargo do Designer Bruno Sathler, o mesmo designer responsável pelo nosso livro VAMPIRO – SOZINHO NA ESCURIDÃO.

O conteúdo interno será assim dividido:

  • Um pequeno conto introdutório, relatando a situação dos sobreviventes;
  • Introdução com informações sobre o produto e tudo aquilo que é necessário para jogar;
  • Uma descrição do cenário utilizado no jogo;
  • Regras para criação de personagens, com o passo-a-passo para montar seu Sobrevivente e seu Refúgio;
  • Um sistema de regras enxuto e funcional, o mesmo utilizado em VAMPIRO – SOZINHO NA ESCURIDÃO, que utiliza dados de 10 faces (também conhecidos como D10) para resolução de tudo;
  • Regras para feitiços e artefatos sinistros, trazidos ao mundo pelos Grandes Antigos;
  • Regras para criação de cenários, cidades em escombros onde os Sobreviventes se aventuram, tendo como exemplo a cidade icônica de Arkham;
  • Sistema de jogo solo, com tabelas de eventos diversos que acontecem na cidade, capazes de gerar mais de 20.000 eventos diferentes, com acontecimentos únicos, encontros neutros e violentos e personagens importantes que irão cruzar o caminho de seu personagem;
  • Sistema de Oráculo para dar ainda mais cor ao seu jogo, inserindo elementos com base em perguntas simples e rolagem da dado;
  • Lista com adversários que poderão ser enfrentados nas perigosas andanças pela cidade;
  • Sistema de evolução de personagens, com regras simples para tornar seu personagem mais preparado para enfrentar seus adversários;
  • Ficha de personagem para você fazer o registro das estatísticas de sua personagem.

O sistema de regras e a condução do jogo

O sistema de testes de A HERANÇA DE CTHULHU se baseia completamente na rolagem de um dado de 10 faces (1D10) e a soma do valor do Atributo e da Perícia testados, além de possíveis outros modificadores, como as Perícias.

Se a somatória do dado rolado com o Atributo e demais modificadores for maior ou igual a 10, o teste foi um sucesso.

Valores superiores concedem bônus no efeito das rolagens, chamados de Bônus de Poder, que permitem diversos efeitos extras, como maior dano ou incrementos na utilização dos dons das trevas.

Os personagens do cenário não rolam dados, reagindo às ações do personagem de forma rápida e dinâmica, dando fluidez ao jogo.

Existem ainda regras para armas, armaduras, danos diversos, ferimentos e cura, além das mecânicas exclusivas para a magia dos Grandes Antigos e para a loucura causada por eles.

A condução do jogo é bem simples: seu personagem poderá vagar pelo cenário, realizando o que bem entender (e conseguir). Sempre que precisar, você poderá retornar para seu Refúgio para se proteger, curar seus ferimentos ou construir equipamentos, armas e melhorias.

Os cenários são divididos em hexágonos, representando as diversas áreas de uma cidade completamente destruída.

Se deslocar para um setor adjacente leva uma hora a pé ou meia hora usando um veículo (carro, moto, ônibus, etc). Assim que entrar em um novo setor, você deve seguir os seguintes passos:

1 – Escolha uma ação a realizar;

2 – Role um evento na tabela do setor específico;

3 – Caso queira, realize outras ações, pagando o custo em tempo de cada uma delas.

Você terá a disposição ações básicas, desde procurar por recursos, procurar por abrigos temporários ou novos Refúgios, conseguir armas e equipamentos e interagir com personagens diversos no cenário.

Além disto, as tabelas permitem a geração de 17.790 (dezessete mil, setecentos e noventa) eventos diferentes quando somadas as áreas do cenário e os diversos tipos de encontros neutros, violentos, personagens importantes e acontecimentos importantes à disposição!

Um pensamento sobre “Financiamento Coletivo: A Herança de Cthulhu

  1. Pingback: Lista de lançamentos em RPG para 2020/2021 – RPG News

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.