Financiamento Coletivo: Muito Abaixo do Oceano RPG

O mar é tudo. Embarque conosco nesta incrível jornada Steampunk Muito Abaixo do Oceano!

Se você chegou aqui sem saber o que é um jogo de RPG, parabéns! Bem-vindo a um hobby gratificante e criativo. O Roleplaying Game é uma forma única de jogo, ou expressão cultural, se você preferir chamar assim, que combina jogos de mesa com narrativa. Os jogos de interpretação oferecem um conjunto de regras e permitem que você crie sua própria história com seus amigos de uma maneira que livros, filmes, TV e até videogames não podem.

Agora que você e seu grupo de amigos estão reunidos e preparados para seguir nessa incrível jornada de exploração nas frias vastidões escuras das profundezas do oceano. Suba a bordo de seu submarino movido a vapor vulcânico e mergulhe nos mistérios e maravilhas deste cenário steampunk submarino pós-apocalíptico do século XIX.

Antes de começarem suas aventuras, gostaríamos de apresentar os principais conceitos que serão usados em cada uma de suas sessões. Coloque seu traje atmosférico, acomode-se e deixe o vapor vulcânico aquecer sua imaginação, pois estamos apenas no início de um mergulho sem volta Muito Abaixo do Oceano!

Clique aqui para apoiar o financiamento coletivo

O cenário

O mar é tudo. Cobre sete décimos do globo terrestre. O seu hálito é são e puro. É um imenso deserto onde o homem nunca está só. O mar é o veículo de uma existência sobrenatural e prodigiosa. É movimento e amor. É o infinito vivo, como afirmou um dos seus poetas. Nele reina a suprema tranquilidade. O mar não pertence aos déspotas. Ah! O senhor professor deveria viver no seio dos mares! Só aí há independência…

— Vinte Mil Léguas Submarinas, Jules Verne

Muito Abaixo do Oceano é uma homenagem à vida e a obra do escritor francês Jules Gabriel Verne (1828 – 1905), conhecido nos países de língua portuguesa como Júlio Verne, que é considerado o pai da ficção científica.

Em 1814, diversos super vulcões entraram em erupção em curto espaço de tempo pelo mundo. Após as explosões que devastaram as cidades, uma quantidade enorme de fumaça tóxica e cinzas foram expelidas na estratosfera, envenenando o ar, bloqueando o sol e iniciando um inverno vulcânico, cujas consequências se agravaram nos próximos seis meses. O nível do mar subiu quase meio quilômetro, afundando as grandes cidades costeiras e fazendo desaparecer porções dos continentes. O frio se intensificou conforme o ano passava e florestas inteiras murcharam ao passo que milhões de espécies de animais se tornaram extintos devido à fome; o solo se tornou impróprio para o plantio e a maioria das fontes de água potável foram contaminadas. Apesar de tudo isso, a humanidade sobreviveu ao cataclisma.

Assim que os colossais vulcões espalharam sua fúria, todas as nações se viram à beira do colapso quando, em meio ao desespero e o caos, vieram submarinos a vapor capitaneados por pessoas que o Sr. N havia levado anos atrás. Em um esforço unificado para salvar o que restou da humanidade, aquelas naus movidas a vapor vulcânico permitiram levar os sobreviventes a refúgios submersos onde poderiam recomeçar suas vidas. Usando todos os avanços que foram desenvolvidos em segredo com a tecnologia N, apenas 30% da humanidade sobreviveu ao grande cataclisma.

Muito Abaixo do Oceano é uma homenagem à vida e a obra do escritor francês Jules Gabriel Verne (1828 – 1905), conhecido nos países de língua portuguesa como Júlio Verne, que é considerado o pai da ficção científica.

Em 1814, diversos super vulcões entraram em erupção em curto espaço de tempo pelo mundo. Após as explosões que devastaram as cidades, uma quantidade enorme de fumaça tóxica e cinzas foram expelidas na estratosfera, envenenando o ar, bloqueando o sol e iniciando um inverno vulcânico, cujas consequências se agravaram nos próximos seis meses. O nível do mar subiu quase meio quilômetro, afundando as grandes cidades costeiras e fazendo desaparecer porções dos continentes. O frio se intensificou conforme o ano passava e florestas inteiras murcharam ao passo que milhões de espécies de animais se tornaram extintos devido à fome; o solo se tornou impróprio para o plantio e a maioria das fontes de água potável foram contaminadas. Apesar de tudo isso, a humanidade sobreviveu ao cataclisma.

Assim que os colossais vulcões espalharam sua fúria, todas as nações se viram à beira do colapso quando, em meio ao desespero e o caos, vieram submarinos a vapor capitaneados por pessoas que o Sr. N havia levado anos atrás. Em um esforço unificado para salvar o que restou da humanidade, aquelas naus movidas a vapor vulcânico permitiram levar os sobreviventes a refúgios submersos onde poderiam recomeçar suas vidas. Usando todos os avanços que foram desenvolvidos em segredo com a tecnologia N, apenas 30% da humanidade sobreviveu ao grande cataclisma.

O sistema

Utilizamos o sistema Year Zero Engine, originalmente desenvolvido para Mutante: Ano Zero, mas foi modificado e adaptado para uma ampla gama de jogos com diferentes temas e cenários. No entanto, seis recursos principais do jogo permanecem os mesmos em todas as iterações.

Os princípios básicos do sistema Year Zero Engine são muito fáceis de aprender: ao jogar uma pilha de dados de seis lados, você precisa de pelo menos um número seis para ter sucesso e, quanto mais seis você obtiver melhor será esse resultado. Produzindo resultados significativos imediatos, eliminando a necessidade de muitos cálculos e detalhamentos de regra que não levam a ação adiante. O sistema de combate geralmente é mortal, levando os conflitos a momentos decisivos.

A necessidade de rolar um resultado seis pode parecer algo difícil de se alcançar para ter sucesso no Year Zero Engine, mas não é impossível. Você pode aumentar suas chances significativamente ao forçar seu rolamento – ou seja, lançando novamente os dados, mas esse esforço sempre tem um custo. O sistema foi projetado para produzir efeitos dramáticos que impulsionam sua história e criam reviravoltas inesperadas.

Baixe agora o Fastplay

A equipe

Os autores, Alessandro Franzen – Lenice R.S. Franzen – Carlos Eduardo “Ximu” Fernandes – Raphael Bastos, parte deles são jogadores assíduos de RPG e realizam trabalho neste marcado. Além de terem reconhecimento em suas esferas profissionais, conseguiram apresentar Muito Abaixo do Oceano durante a GENCON 2020 e serem vencedores do prêmio Goblin de Ouro! Como profundos conhecedores do sistema, desenvolveram este cenário magnífico se preocupando com a verossimilhança da tecnologia, ecologia e tantos por menores claro, ainda com ênfase no estilo steampunk que tanto amamos.

Como revisoras, Claudia Alcantara e Gislene Ana Barbosa. A arte da capa foi feita pela artista Ayu Marques, as ilustrações internas pela artista Erika Sayase e Ayu Marques. Com diagramação feita pela equipe de autores e editora.

Craftando Jogos está há cinco anos no mercado, levando à comunidade RPGista brasileira muita diversão através de materiais inovadores e de altíssima qualidade. Por meio do sistema de financiamentos coletivos.

Considerações

Mesmo durante um momento tão delicado da história moderna, você decidiu abraçar esse projeto e ajudar a torná-lo real. Não há palavras para descrever o quanto nós, da equipe de MAdO, estamos gratos por seu voto de confiança – que é também um voto em prol da inovação, da diversão e do RPG Nacional. Se você deseja ajudar ainda mais esse projeto, compartilhe-o com seus amigos e parentes. Há por aí muitas pessoas que jamais puderam nos conhecer e poderiam se interessar.

Diante de tantos perigos, vamos preservar o mar! A UNESCO, a COI e a Universidade Federal de São Paulo lançaram o “Cultura Oceânica”. É um kit pedagógico, que está disponível online e com acesso gratuito, apresentando de forma didática para públicos de todas as idades os processos complexos que acontecem nos oceanos, as funções marinhas, e a importância da preservação.

Leia CULTURA OCEÂNICA (UNESCO) nesse link

_______________________________
LINKS DE CONTATO:

⚜️ Grupo de Whats ⚜️
⚜️ Grupo do Facebook ⚜️
⚜️ Editora Craftando ⚜️


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.