Financiamento Coletivo: Mestres do Gótico Botânico (Campanha Flash)

Uma seleção de histórias antigas estrelando plantas assassinas para envenenar sua estante

Quando o assunto são plantas e fungos assassinos, ninguém melhor do que os autores dos séculos passados para entregarem histórias regadas com terror, suspense e mistério sobrenatural.

O subgênero do horror botânico e Killer Plants (Flora Fatal) ficou famoso nos séculos XIX e XX, mas as plantas alucinógenas, tóxicas e venenosas já eram temidas desde tempos antigos, por serem associadas à bruxaria e poções.

Mestres do Gótico Botânico e outros suspenses venenosos é uma seleção da Editora Wish que entrega as melhores histórias populares e raras dos grandes autores de terror, incluindo árvores amaldiçoadas, plantas carnívoras, flores venenosas, fungos mortíferos e ingredientes sombrios da literatura gótica.

Clique aqui para apoiar o financiamento coletivo

Profissionais

O livro conta com ilustrações da tatuadora Lorena Provin para cada uma das histórias, e um prefácio do pesquisador Bruno Anselmi Matangrano, bacharel, mestre e doutor em Letras pela USP, dedicando suas pesquisas às literaturas simbolista e decadentista, bem como às vertentes do insólito ficcional.

A tradução é por conta de Luiz Henrique Batista (diversos contos) e Cláudia Mello Belhassof (com A Filha de Rappaccini), preparação e cotejo de Cris Lasaitis e Karen Alvares, e revisão de Cris Lasaitis e Karine Ribeiro. A avaliação crítica de diversos contos foi feita por Giulia Vasovino.

Iniciativa ambiental

A Editora Wish tem muita conexão com a natureza e os animais. Por isso, sem qualquer custo extra ao apoiador, caso a campanha alcance os 100% da meta arrecadados, será realizada a doação de 100 mudas de árvores para o projeto SOS Mata Atlântica, que atua na restauração da flora nacional. A cada nova porcentagem alcançada, serão adicionadas mais mudas. Como um exemplo, caso a campanha alcance 152% da meta, serão plantadas 152 mudas de árvores.

Autores e Contos

  • Algernon Blackwood, com a novela O homem que as árvores amavam.
  • Nathaniel Hawthorne, com a noveleta A Filha de Rappaccini.
  • Charlotte Perkins Gilman, com o conto A glicínia gigante.
  • William Hope Hodgson, com o conto A voz na noite.
  • Eleanor Lewis, com o conto A vingança de uma árvore.
  • M. R. James, com o conto O freixo.
  • Elia Peattie, com o conto O crime de Micah Rood.
  • Lucy H. Hooper, com o conto Carnivorina.

A editora

Viajando através do tempo em busca de tesouros literários.

Fundada em 2013, a Editora Wish aposta na curadoria e resgate de livros antigos como principal norte de sua linha editorial. De contos de fadas a fantasias e suspenses vitorianos, nós o convidamos a nos acompanhar nesta viagem ao passado, afinal, enquanto clássicos criam gerações de leitores ao longo das décadas, os livros raros e inéditos mantém aceso o fogo da curiosidade sobre o que é diferente do comum, direcionando nossas lunetas para estrelas nunca antes vistas… Ou quase esquecidas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.