Karanblade: o cenário que Gygax gostou

“O mundo que você vê aqui é um excelente exemplo de como um Mestre de Jogo pode criar por si só a base de uma nova e excitante campanha”

Gary Gygax, um dos criadores do D&D

“Não perca a chance de ajudar Terra Próxima a se livrar do terrível Surgimento Demoníaco. As lendas eram reais, a Guerra Vermelha realmente existiu, e o herói Galtar Karan realmente derrotou o Lorde Demônio Bamphozzah empunhando a lendária Espada do Fogo Eterno.

Mas agora os demônios retornaram, e os sábios buscam pelo grande herói que irá encontrar Karanblade e empunha-la uma vez mais, para salvar todo o mundo de mais um Surgimento. Será esse herói você?”

Karanblade é um cenário criado por um brasileiro chamado Rafael Arrais mas inicialmente feito em inglês, ou seja para o mercado estrangeiro, o jogo teve suas primeiras versões para AD&D e em formato DOC mesmo e segundo o próprio autor, o título foi ecrito em um inglês “bem capenga”. Mas o cenário foi tão aprovado que teve comentários positivos do criador de Dungeons & Dragons (veja a primeira frase desse artigo) e ganhando prêmios online em sites como o RPGFinder (extinto) e RPGArchive e também disputou o ENnies 2002 na categoria melhor cenário de fã, perdendo para uma versão de fã para Conan D20. No Brasil não teve muita repercussão que até o jornal O Globo publicou um artigo falando sobre o cenário e com a realização de um PBEm (Play by E-mail) que teve incluídos jogadores da Norugea e da Finlândia!

Com a chegada do D20 System e a Open Gaming License, Raph começou a fazer uma versão D20 do cenário dele, para ser vendido em PDF no exterior, o que não deu muito certo, já que no fim, não houve muita colaboração e em 2003 escreveu alguns artigos para a RedeRPG foi então que ele recebeu uma proposta de publicação do cenário pela Mantícora Editora e em português, o que fez com que fosse necessário a tradução para nossa língua-mãe, o que levou a criação de um grupo de ilustradores e autores para colaborar com o cenário, mas que fez com que somente o onipresente José Luiz “Tzimisce” Cardoso (Crônicas da Sétima Lua, Ação!!!) de destacasse e seguisse na criação de material para essa versão chegando a ficar pronto em 2004, ams que infelizmente não foi lançado.

Em 2004, Raph resolve disponibilizá-lo em PDF, Raph convida os amigos de faculdade (ele é formado em Design) e começam a ilustrar o livro, mas 80% das ilustrações ficam com o próprio, mas desistiu de lançar por não ter tempo para diagramar o arquivo final. Por fim, em 2008 Raph lança a versão D20 do RPG em dois tomos: Guia do Jogador e Guia do Mestre. O Tomo I foi publicado normalmente, com capa e ilustrado enquanto o Tomo II foi lançado somente em texto, mas pode ser usado normalmente. O autor não pensa em converter o livro para D&D4 por achar que não combina com a “alma” do cenário.

Downloads
AD&D (todos os títulos em inglês)

A 2ª edição é a mais completa, contendo o material mais completo e o “Online Supplement” tem todas as atualizações até a data indicada. Os arquivos estavam originalmente em DOC então cuidei para converter para PDF.

D20 System/Daemon (em português)

“O Tomo I traz 6 novas raças, 10 novas classes de prestígio, 10 novos kits, 44 novos talentos, 7 novos aprimoramentos, 22 novos feitiços e 7 novos rituais – Além de um novo sistema de magia e a descrição detalhada de Terra Próxima, o mundo onde se passa a Campanha!” “O Tomo II traz dezenas de novos deuses, dicas de como conduzir a campanha, segredos ocultos de Terra Próxima, personalidades, dezenas de novos monstros (incluindo Bamphozzah), além dos atributos da Espada do Fogo Eterno e outras relíquias mágicas!”

É bom lembrar que para Daemon é necessário ter qualquer outro livro de apoio para usá-lo, já que ele não traz todas as regras e os Kits seguem o padrão antigo, sem as Habilidades Especiais ganhas por níveis.

Outros

Links

Anúncios

6 pensamentos sobre “Karanblade: o cenário que Gygax gostou

  1. Pingback: Conheça Karanblade: o cenário que Gygax gostou! « RPG News

  2. Puxa obrigado pela compilação Talude, você criou uma lista de downloads melhor que a do site do Karanblade em si, hehe, me sinto honrado 🙂

    Abs
    raph

  3. Pingback: Títulos de RPG anunciados durante o XII EIRPG e nunca publicados « RPG News

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s