Nyverden (Novo Mundo)

Há um bom tempo, este era um bolsão apenas de passagem de um bolsão para outro e conhecido por poucas pessoas. Mas um mago de Velha Arcádia chamado Terolis Profinnus aproveitou e usou seu espírito empreendedor para ocupar este plano. Para isto, após descobrir sobre os diferentes bolsões de Arcádia e começou a invocar portais em lugares extremamente aleatórios o que fez chegarem muitas pessoas diferentes, que tiveram de conhecer (e construir) esse novo lugar. No início não haviam divisões de reinos, mas após uma simples briga entre vizinhos ficou-se constatada que a união não dava certo, então foi-se permitida a divisão em reinos. O tempo passou, o Mago morreu e com guerras e tratados amistosos (ou nem tanto).

Passados 3.000 anos desde a chegada, todos estão mais acostumados com o lugar, vivendo em um dos nove reinos na geografia atual. Cada um dos reinos possui cultura semelhante ao bolsão original e uma administração peculiar, indo da tirania à democracia. A administração central, antes ocupada por Terolis e por seus descendentes, após passar por alguns golpes ficou desgastada e atualmente é motivo de piada, sendo substituída aos poucos por uma espécie de “ONU” medieval, com representação de cada um dos reinos. Eles são:

  • Xi’an – Reino formado por imigrantes vindos do Reino de Jade, é totalmente cercado, à exceção do porto. Na hora de fechar, os monstros também ficaram guardados juntos, o que leva a criação de grupos de caça sempre. Ao que parece, muitos monstros estão guardados lá, já que sempre há expedições contra eles. Apesar de parecer um mundo fechado, é permitida a visita de estrangeiros em todos os lugares, à exceção da sala do rei e seus ascendentes.
  • Oneirópolis – Reino formado por imigrantes de Neokosmos e Velha Arcádia, formado por povos de deuses semelhantes, que no início da partilha, estavam divididos. Para demonstrar a união entre eles foram colocadas quatro estátuas nos pontos cardeais: Atena a Norte, Afrodite ao Sul, Apolo a Leste, Artemis a Oeste. É extremamente comum darem nomes de Deueses à cidades, ao ser afirmada a fundação de uma, muitos seguidores levam uma pequena estátua baratinha ao fundador e a cada membro do console.
  • Ostovinya – Formado por imigrantes de Nova Arcádia e outros cenários típicos medievais, já foi o maior reino de todos e o que recebia mais dinheiro, pelo fato de Terolis ter nascido alí e também por causa do reino ter sido modado em cima de um pedacinho de NA que mais lembrava os citados por poetas e escritores árcades. Atualmente a administração cabe a um Kobold e a um Humano e está a beira da guerra civil entre humanóides e monstros.
  • Jasy Jaterei – Formado por imigrantes de Hi-Brazil, é quase bem organizado, a não ser pelos habitantes de Hi-Brasil (Império, Floresta das Chuvas e Reinos Sulfídios) que nunca conseguiram se organizar e raramente assumem cargos importantes, e também raramente governam condados. Já foi tentada a divisão por várias vezes, mas para variar não chegaram a acordo nenhum…
  • Dallas – Formado por imigrantes de West, lembra realmente uma cidade do bolsão original o que a torna exótica frente aos outros reinos. Tão semelhante que ainda recebe imigrantes de Hi-Brazil e dos Reinos de Jade. Graças ao comércio com outros reinos, é conseguido ferro facilmente, mas boa parte acha interessante o uso de magia nas armas.
  • Hokkaido – Formado por imigrantes do Reino do Sol Nascente, reino que recentemente conseguiu a independência de Xi’An. A parte do muro que cercava a área foi destruída e aonde o muro em Xi’An precisou ser demolido e reformado. Extremamente normal encontrar na rua samurais e ninjas.
  • Al-Shabab – Formado por imigrantes do reino das 1.001 Noites e de Áfrika, que se uniram em torno da mesma religião. É administrado por um governo conjunto e também é aonde ocorrem mais casamentos conjuntos entre habitantes dos dois reinos originais.
  • Hlíwelord – Formado por imigrantes de Camelot e Britânia, possui uma távola redonda genérica que em nada lembra a original. Há tão grande devoção em relação ao rei Arthur que até agora foi o único nome usado pelos reis.
  • Terolis-Entya – A antiga região da administração central, em que Terolis administrava e acolhedora de imigrantes. Tão acolhedora que muitos ficaram, é aonde ficam os exilados de outros reinos e os que já tentaram morar em outros reinos, mas não deu certo, como vikings de Midgard.Os portais criados pelos mago continuam ativos, mas em menor número que aos originais. Ao que parece, eles também funcionam com viagem temporal já que há a notícia de um humano da Terra atual perdido em Hlíwelord.

A Fazer:

  • Verificar alguns nomes de localidades e trocá-los, como Hlíwelord vindo direto do Kênia e Dallas.
  • Verificar os países, como nações pequenas e fazer um mapa para o próprio.
  • Pensar na heráldica e vexilos (bandeiras) dos países.



3 pensamentos sobre “Nyverden (Novo Mundo)

  1. Pingback: Meus antigos cenários: Nyverden e Terra Oca « RPG News

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s