Microlite 74 e 78 disponíveis no DriveThruRPG/RPGNow!

m74bE o melhor: Continuam gratuitos! Ainda que o preço apareça como “pague o quanto quiser”, o próprio admite que aceita vendê-los de graça.
Para quem não sabe, o Microlite é uma versão bem reduzida do D&D e aqui você pode acessar a lista de posts sobre o tema para se informar melhor. Nota: Como os textos são grandes, fiz a tradução com o Google Translator e fui corrigindo os erros. Pode ser que tenha mais. Outra coisa, todo material nesse post está em inglês, se quiser ver traduzido, clique aqui.

Continuar lendo

A licença OGL da 5ª edição

phb5Para começar, vamos falar sobre a antiga licença OGL e do que se trata ela antes de chegar na licença atual.

Para o lançamento do Dungeons & Dragons 3ª edição tivemos vários documentos que liberavam o documento: a OGL que serve como documento para a liberação do jogo em si e seria incluida em qualquer RPG que a usasse, a próxima é a D20 System que incluía o famoso selo D20, por fim, o SRD (o documento de referência do sistema) que continha o básico do material para que fosse produzido o material. O responsável por essa liberação foi o empresário Ryan Dancey, que foi coaautor do Hero’s Builder Guidebook.

Continuar lendo

Pathfinder RPG – Unchained e Bestiary 5

unchainedMais dois lançamentos para Pathfinder RPG! O primeiro serve como o Unearthed Arcana de D&D com regras alternativas, tanto para jogadores quanto do mestre. O segundo, é a quinta edição do Bestiário!

Pathfinder Unchained

Prepare-se para sacudir o seu jogo! Nestas páginas, os designers do Pathfinder Roleplaying Game desencadearam as suas ideias mais loucas e nada é seguro. A partir de fundamentos totalmente revistos como classes básicas e criação de monstro de sistemas totalmente novos para expandir a maneira de jogar, este livro oferece novas ideias e ainda misturar com o sistema existente. Com Pathfinder Unchained, você se torna o designer do jogo!

Continuar lendo

Dungeons & Dragons – Sword Coast Legends e Adventurer’s Guide

dungeons-amp-dragons-sword-coast-adventurer-s-guide-20535-0-1000x1000Sword Coast, pertencente ao mundo de Forgotten Realms ganhou dois produtos: um livro de cenário e um RPG online. Este é o primeiro cenário oficial do D&D5, que até então só tinha ganho livros de aventuras, além dos básicos.

Costa da Espada: (…) Ela foi batizada devido aos penhascos brancos que se elevam a partir da margem, quase 800 metros acima do nível do mar, semelhantes à lâminas brilhantes pontilhando o oceano e a margem por milhares de quilômetros, desde o litoral de Portal de Baldur até o sul do Rio Dessarin, logo após Águas Profundas. Não é surpresa que as duas maiores cidades da Costa da Espada estejam nas duas pontas desses penhascos, os únicos lugares seguros para ancorar navios em milhares de quilômetros.”
Greenwood, Reynolds, Williams and Heinsoo. Forgotten Realms – Os Reinos Esquecidos. D&D 3ª edição. Tradução de Lúcio N. Pimentel. Pág. 225.

 

Continuar lendo

Pathfinder RPG – a linha Occult Adventures

occultadventuresPZO1132_500Recentemente, Pathfinder ganhou dois títulos interessantes, dedicados a psiquismo e mistérios medievais que parecem com vitorianos. Um é o livro básico da linha e o outro, o bestiário.

Pathfinder Roleplaying Game: Occult Adventures (OGL)

Há um mundo escondido a seu redor. Nas ruas e corredores de poder, nos sonhos e através dos bizarros planos do multiverso, há aqueles que andam entre nós como gigantes entre formigas, torcendo a realidade de seus testamentos para a busca de conhecimento ancestral, agora volte a cortina do mundo real e apenda os segredos dos mestres do oculto – se você puder!

Continuar lendo

Financiamento coletivo: Malandros-Tales from the streets of Rio

musicmalandrosUm financiamento coletivo interessante, criado por Tom McGenery, que é canadense residente em Hong Kong, ele também ficou responsável pela tradução do UED – Você é a Resistência para o inglês. Ele foi postado pro Alexandre Lima na lista da RedBox no Yahoo!Groups.

Rio de Janeiro ao final do século XIX: uma cidade de favelas e palácios, gangues e e magnatas, encantos mágicos e artistas marciais fora-da-lei. Astuta e boêmia, o malandro anda por ruas sem medo – porquê há sempre uma saída.

Continuar lendo