[Daemon Editora] RPGQuest (RPGQuest clássico)

Voltemos ao ano de 1992, no qual tivemos o lançamento dos jogos Classic Dungeon e Dragon Quest pela Grow, que no outro ano iria publicar a caixa básica de Dungeons & Dragons aqui. Em 1993, o lançamento seria Hero Quest com o slogan “O ABC do RPG para quem tem QI”. Qual a semelhança que esses jogos tinham entre sí? Eram proto-RPGs que já vinham com personagens pré fabricados e apenas um mapa retangular no qual um jogador que funcionava como Mestre (No HQ ele tinha o nome de Zargon) podia criar suas aventuras e sub-aventuras (no HQ, Buscas) na qual os personagens tinham um objetivo a cumprir. No início da Dragão Brasil tínhamos Buscas para HeroQuest em quase todas as edições, afinal o jogo fazia muito sucesso na época, com direito a propagandas em televisão e revistas, principalmente na Ação Games e outras destinadas a adolescentes.

E a editora Daemon resolve trazer de volta os Quests com o seu grande lançamento no XIII Encontro Internacional de RPG, realizado em São Paulo, o RPGQuest. São várias folhas contendo salas, personagens e props (alavancas, escadas, fontes…) mais um livro de 32 páginas contendo as informações e regras de jogo. Este começa explicando como montar as salas e os personagens e a explicação de cada um dos props. A seguir partimos para a criação de personagens: Os Atributos são essencialmente os mesmos do sistema Daemon, com a variação dele é parecida com os modificadores de Dungeons & Dragon, os Atributos de FUDGE ou Esc, que vai de Muito Fraco (-1) até Divino (+10), depois passamos para as Raças (que são 7: Humano, Elfo, Meio-Elfo, Anão, Halfling, Goblin e Minotauro) e as Classes (8: Guerreiro, Bárbaro, Paladino, Ranger, Ladrão, Mago, Clérigo e Druida), além de poderes vindos direto da licença D20 como Inimigo Predileto, Amizade com Animais e Cura pelas Mãos. A seguir, uma lista de Perícias, que já vem selecionadas pela Classe, mas que podem ser compradas com experiência, depois equipamentos e armas (comprados com dinheiro, lógico). A seguir temos as duas Magias usadas: Rituais e Caminhos. Os Caminhos seguem o esquema do 3D&T com compra de pontos, mas limitado que nem o sistema de Arkanun/Trevas e há também o sistema de Rituais, com círculos de magia. Os personagens usuários de magia usam os dois tipos. A seguir, regras para testes, combates, experiência e tesouros, tradicionais em RPGs. Temos depois como criar uma masmorra aleatóriamente, só faltou explicar como acaba com essa opção, já que é realizada sem o Halzazee (o Mestre), depois uma relação contendo 26 monstros aonde o Nível de Desafio deve ser selecionados por valor de experiência deste. No final, 5 aventuras desde uma mais simples (A Primeira Aventura) até uma mais avançada (O Mausoléu), e para fechar uma ficha de personagem.

O RPGQuest é uma boa opção para quem quiser comprar, possui seus erros mas que com certeza estarão corrigidos nos próximos Módulos Básicos que virão. O sistema é simples e em meia hora você já tem os personagens prontos para jogar, se não quiser usar os pré-fabricados. Outro ponto muito bom é que as miniaturas são totalmente compatíveis com o D20 e outros sistemas de miniaturas existentes, além de contar com um bom suporte no site da Daemon.

Um pensamento sobre “[Daemon Editora] RPGQuest (RPGQuest clássico)

  1. Pessoal, gostaria de saber se vocês tem personagens disponíveis para batalhas de miniaturas…
    Temos o PDF do jogo, mas estamos a procura de mais criaturas para serem recrutadas e melhor, serem usadas como desafios em meio ao cenário…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s