Relembrando… Ação!!! (e Crepúsculo RPG 3ª edição)

acaorpgAlgum tempo atrás eu tinha prometido cobrir alguns detalhes sobre o D&D3e e o D20, vamos por partes. Para começar, vamos falar sobre a história de alguns títulos OGL nacionais e de repente, internacionais, assim como alguns dados sobre os livros originais. Para começar, o primeiro OGL nacional a fazer sucesso anterior a Tormenta RPG (e o Tormenta20) e com o tempo penso em falar do Primeira Aventura e do 4D&T, além de outros como FUBAR (que não é exatamente OGL), BESM D20 (Idem), Re.Ação!!! e New Dragon.

Continuar lendo

Os outros RPGs de super heróis disponíveis em português

JLA_Avengers_Vol_1_1_Wrap_AroundPara esse mês penso fora as notícias, falar somente em super-heróis com uma série especial sobre as eras de super heróiss (ou era dos quadrinhos, apesar que vamos focar nos supers) dentro da seção História e RPG, no lugar de Literatura Medieval que era o esperado. Julho não é um mês de muitas notícias, ainda que seja o mês de férias escolares.

Continuar lendo

Lançamento: As Aventuras de Sir Holland, o Bravo

sirholland_jambo_21112014O mais atrapalhado cavaleiro de todos os reinos, em sua primeira graphic novel

Um apressado convite de casamento chega a Nheko’s e lança nossos heróis em uma divertida aventura! Acompanhe Sir Holland, seu escudeiro Yellus e a Princesa Aurora em uma missão para desvendar um plano nefasto, que pode selar o fim da paz entre os reinos. Enquanto nossos heróis tentam sobreviver a diversos perigos, o seu desafio será não morrer… De tanto rir!

Cavaleiros são famosos pela força, destreza, constituição, inteligência, sabedoria e carisma com que conduzem suas missões. Bem, este não é exatamente o caso de Sir Holland.

Continuar lendo

Pré-venda: Só Aventuras + novidades da Jambô

É hora da aventura!

Heróis não nascem prontos — eles são forjados através de suas ações. Arton está repleto de heróis… E de oportunidades para que novos campeões surjam a cada dia! Masmorras sinistras e cheias de monstros, selvas perigosas e inexploradas, cidades tomadas por aristocratas e seus jogos de poder… Todos são palcos para grandes sagas.

Só Aventuras é um suplemento feito especialmente para mestres, com três aventuras prontas, que levarão os personagens jogadores do 1° ao 9° nível. Ao longo destas histórias, eles poderão passar de meros aventureiros a reais heróis!

Continuar lendo

O que as editoras brasileiras planejam para 2011

2011 deve ser o ano das editoras independentes que com o POD conforme a Drivethru divulgou recentemente. Ao que parece, as editoras também passarão a vender PDFs nesse site. A Jambô continua com suas múltiplas linhas, a Conclave trará lançamentos para a linha Vikings e a Retropunk deve investir nos seus RPGs independentes, incluso títulos nacionais. Abaixo um resumo do que pode sair esse ano, já que tudo pode sofrer alterações.

Continuar lendo

Resumo da Palestra das editoras na II RPGCon [SP] e fotos!

Primeiramente confira as fotos do evento. Abaixo estão os títulos que foram faldos durante a palestra, incluindo as editoras independentes.

Daemon Editora
Site oficial @Daemon_RPG

  • Revisão da Enciclopédia de Mitologia e divisão em greco-rmana e assírio-babilônica
  • Continuará a reimpressão de títulos que estão esgotados
  • Negociação com o Old Dragon
  • A Daemon está atualmente sem escritores e até sem estagiários. Norson passou num concurso público, del Debbio tem cuidado da sua filha e o Shaftiel está fazendo mestrado, o pessoal do Maytréia tem trabalhado com outras coisas. A Daemon publicou vinte livros esse ano, mas todos relacionados a maçonaria e com tiragem pequena vendida somente nas Lojas maçônicas. Quem tiver propostas para a editora, sugiro que apresente ao Marcelo del Debbio.

Continuar lendo

Jambô anuncia seus lançamentos para 2010

É bom começar avisando que a lista não é definitiva e que poderá sofrer alterações durante o ano. Os lançamentos aparecem aqui divididos por linha. Para 3D&T Alpha e Reinos de Ferro por enquanto há apenas um lançamento cadastrado. Em compensação, o ano será bom para Tormenta e para os livros-jogos.

Continuar lendo

Dragonslayer #05 – Já disponível

Fonte Salomão “Tek” Santiago, no fórum da Jambô Livraria

Destaques:

  • Capa: Invasão: Os Metalianos atacam de novo!
  • 4D&T: Xamãs, Fantasmas, Cães-Demônios…
  • Discworld: Aventura sem noção no mundo do Disco
  • Gazeta do Reinado: A nova área de Tormenta
  • Hipossauros: Cavalos-pássaros nos Reinos de Moreania
  • Dragon’s Bride: O Artífice e a Alquimista
  • Encontros Aleatórios: Os Paladinos estão aqui!
  • O Bastardo: Não é mais uma taverna!
  • Campeão do Vácuo: O defensor da Luz e das Trevas
  • Reinos de Ferro: A Feiticeira Alexia
  • 1º Aventura: Novas Armas Exóticas
  • Fullmetal Alchemist: Armaduras, Automail, Quimeras, Homúnculos, A Pedra Filosofal!
  • Resenhas: Panteão D20, Eberron, Races of Dragon, D&D Online.
  • DragonSlayer #04

    Image hosting by PhotobucketFonte: Editora Escala

    Conheça mais sobre o trabalho de grandes autores do RPG nacional na DragonSlayer. Nessa edição você confere o anime Fullmetal Alchemist, que ensina que grandes conquistas só podem ser conseguidas com um grande esforço. Confira também os lançamentos Academia Arcana, Vectora – Cidade nas Nuvens e Panteão. E ainda: notícias sobre o 4D&T, que é o sucessor do RPG mais jogado do país, e todas as orientações para que você se torne um autor de RPG e publique o seu primeiro livro. Não perca!

    DragonSlayer #03 – Tópico a Tópico

    Site: Mantícora Editora

    Após uma discussão com o dono da banca (veja no tópico sobre o brinde) consegui ver a nova edição da revista Dragonslayer, veja os destaques:

    • Encontros Aleatórios: Na seção de cartas, relações entre Moreania e A Ilha do Doutor Moreau, jogadoor “experiente” de D&D,
      sugestões para adicionar à revista “Barraquinha do Orc” e RPG Eletrônico e o Grimório de Jade mostrando como um Mago Meio Orc é bom para realizar mágicas.
    • Laboratório do Dr. Careca: Discussão sobre dois temas: Preconceito contra a fusão Animes e RPG e o Encontro (inter)Nacional de RPG.
    • Review: Nas Resenhas, o Livro dos Níveis Épicos (Devir Livrara, Dungeons & Dragons 3.5, Nota 5/6) e RPGQuest (Daemon Editora, Sistema RPGQuest, Nota 5/6).
    • Clássicos: O clássico dess edição é a aventura Die Vecna Die! (Tatical Studies Rules, Advanced Dungeons & Dragons, Nota 6/6) que passa em três mundos de D&D: Greyhawk, Ravenloft e Planescape, cujo grande objetivo é derrotar o vilão Vecna.
    • Sir Holland: A grande dificuldade de dar um presente à namorada, quem mandou não ter colaboração de um grupo?
    • Exploração – O Teatro de Dante: Um teatro abandonado com uma enorme cratera no meio do palco para aventuras de terror.
    • Deepgate – Legião Escarlate: Uma espécie de guia para a ilha que pode voar.
    • Adaptação – Onimusha: Adaptação das armas do game Onimusha, com destaque maior a ser dado a Oni Gauntlet e os benefícios da cor do traje do corvo.
    • Moreania – Deuses: Apesar de ter sido anunciada como uma matéria sobre Deuses Menores, há também os Deuses Maiores, ampliando o que foi publicado na DS#01. Os Deuses Maiores são A Dama Altiva (Deusa da Natureza) e O Indomável (Deus dos Monstros). Os menores são Barão Samoieda (Deus da Morte), Tamagrah (A Ilha Viva), Champarr (Deus dos Jogos), Sorinda (Deusa dos Piratas), Lamsthu (Rainha dos Massacres), Gojan (Deus dos Bardos e Viajantes) e Holleen (Príncipe da Mentira). Em D&D eles possuem Domínios e em Primeira Aventura eles possuem Poder Concedido.
    • Aventura – A Ilha Sem Norte: O tema dessa aventura para Ação!!! ou D20 Modern (Para 4 a 6 personagens de 1o. a 3o. nível) é a formação de uma nova ilha ao norte da Austrália. Na verdade, as únicas fichas que possuem é do capitão do navio e dos seres que afetam a ilha.
    • Chobits – Persocon: Aqui Persocons e NotePersocons é apresentado como Raça para Ação!!! ou D20 Modern. Há também os Talentos Aparência Humana Aprimorada e Firewall.
    • Chefe de Fase – Vassaghus – O Errante: O grande rival da deusa Tenebra (Tormenta) é um lich que está a procura de um meio de derrotá-la.
    • Primeira Aventura – Raças: 9 Raças (Até que enfim!) para personagens de Primeira Aventura, 7 vindas de Dungeons & Dragons (Humanos, Anões, Elfos, Gnomos, Halflings, Meio-Elfos e Meio-Orcs) e 3 vindas de Tormenta D20 (Goblins, Minotauros e Sprites).
    • Observadores: Regras para a criação de personagens Observadores (também conhecidos como Beholders na versão oficial, como não é um monstro licença aberta, teve de usar outro). Há regras para criação de Observadores mais ou menos como um Modelo, seguindo passos, podendo ser somado a algumas variações e mutações. Há também o Modelos Criatura Ocular, para encher de olhos uma criatura e a Classe de Prestígio Servo do Grande Olho, uma sociedade secreta governada por um enorme Observador. Como destaque essa matéria (e a capa) possui uma ilustração que seria usada na versão nacional d’O Guia Completo dos Beholders que seria lançado pela Mantícora, que agora não mais sairá, ao menos não por essa editora.
    • Dragon’s Bride – Lugar na Matilha: Na terceira parte temos o Koi conhecendo a irmã de Dafnia, Tuna e o amor entre Dafnia e Lorde Betta.
    • Publicidade: De novidade, propaganda da Rika Comics Store (gibiteria) e da Super Comics (escola de quadrinhos) ambas de São Paulo e um anúncio todo em preto escrito “Em breve – O maior lançamento de todos os tempos! Aguarde…”. Eu acho que esse anúncio não deve ter nada a ver com RPG.
    • O Brinde: Para Sampa vem a D20 Saga#0 em conjunto com a revista e isso me levou a uma discussão com o dono da banca devido ao fato de ter dois preços apregados (R$6,90 e R$14,90) até mostrar para ele qual revista tem o valor certo, demorou… Seria melhor a editora na próxima vez ocultar o preço e como já tenho essa revista, deixei a minha ainda plastificada.

    Dragonslayer #03

    Site: Editora Mantícora
    Press Release

    Neste mês chega às bancas a 3ª edição da DRAGONSLAYER. Neste número, o clima de horror toma conta das páginas da revista. Muitos sustos e calafrios acompanham um inédito material de suspense. Confira.

    • A Ilha sem Norte: uma aventura de terror para AÇÃO!!!, nos moldes das clássicas tramas de horror de Call of Cthulhu.
    • Exploração: o Teatro de Dante, uma casa de espetáculos macabra, palco de uma história horripilante.
    • Encontros Aleatórios: seção de cartas dos leitores e a divertida tirinha de Leonel Domingos, o Grimório de Jade.
    • Laboratório do Dr. Careca: coluna eclética escrita por J.M. Trevisan (o careca) que nesse número discute sobre a polêmica dos RPG em estilo Anime e suas impressões sobre o XIII EIRPG.
    • Review: Livro dos Níveis Épicos e RPGQuest.
    • Clássicos: resenha da histórica aventura Die Vecna Die!
    • Sir. Holland: mais uma página com as aventuras desse engraçado e destemido guerreiro.
    • DeepGate: a ilha do leitor cresce cada vez mais, agora com a Legião Escarlate, uma liga de guerreiros honrados com poderes e asas especiais.
    • Onimusha: saída dos games, a manopla para caçar demônios pode ser usada pelos jogadores para extinguir o mal.
    • Reinos de Morerania: novos deuses do cenário. Além da Dama Altiva e do Indomável, essas entidades poderosas circulam pelas ilhas selvagens e usam seu poder para disseminar sua filosofia.
    • Chobits: Uma adaptação do mangá de sucesso. Conheça os persocons, computadores avançadíssimos com formas diferentes, e use essas máquinas incríveis nas seções de jogo.
    • Chefe de Fase: veja como é possível um lich ficar estressado. Esse morto-vivo conjurador, além de poderoso, está muito irritado. Descubra o motivo.
    • PRIMEIRA AVENTURA: nove raças novas, de elfos e anões até sprites e minotauros, para PRIMEIRA AVENTURA e outros compatíveis com o sistema d20.
    • Observadores: matéria que explica como essas terríveis aberrações se portam. Seus poderes, fraquezas, domínios e segredos.
    • Dragon’s Bride: a HQ de Marcelo Cassaro e Erika Awano continua com mais aventuras do protagonista Koi e aquela fadinha irritante.

    DRAGONSLAYER no 03
    64 páginas coloridas
    R$ 6,90

    Capa Reduzida: http://images.talude.multiply.com/image/1/photos/4/600×600/141.jpg?enctoken=UmFuZG9tSVb3xkDpgaFvmypuMWHMDRvVRzKzOhR1dwxLR80Z8PnDGizF2ccWoSkg

    Capa Ampliada: http://talude.multiply.com/photos/hi-res/4/141.jpg?xurl=%2Fphotos%2Fphoto%2F4%2F141.jpg

    Dragonslayer #02 – Tópico a Tópico

    O número 2 saiu 15 dias logo depois do número 1, dando destaque na capa a Dragons Bride, nova HQ de Cassaro e Awano, que tem o licantropo Koi como personagem principal. Esse personagem tem grande destaque no Manual 3D&T Revisado, Ampliado e Turbinado e no Manual 3D&T Fastplay e irá ganhar HQ própria em breve. Essa edição está realmente dedicada ao combate com Artes Marciais e Maestria em Armas.

    Encontros Aleatórios: Na seção Encontros Aleatórios temos destaque a novidades do Ação!!! (com 50 páginas a mais, colorido e seis cenários completos como Invasão, Clube Masquerade e Chimera e capítulos sobre “Criaturas” e talvez sobre Pilotagem. Há uma pergunta sobre 1a.A e sobre Tormenta. Algumas cartas são assinadas por Claudio Pozas, JD Nunes e Vinicius Moes do site Minas Morgul. No Grimório de Jade, um Orc Mago ou Feiticeiro?

    Laboratório do Dr. Careca – JM Trevisan discute dois assuntos: Por que os monstros são burros? e como conquistar uma namorada.

    Review: Resenhas sobre a The World Largest Dungeon (Alderac Press, Nota 4/6), The Complete Book of Eldritch Might (Mahavoc Press, Nota 4/6) e Warcraft RPG (Devir Livraria, Nota 3/6)

    Sir Holland – O Bravo de Zambi – Novaos quadrinhos ocupando uma página inteira, com traços bem simples e apresentando os personagens.

    Clássicos: Dark Sun (AD&D, TSR, Nota 6/6). O artigo foi feito pela equipe DarkSun Brasil, recuperando um livro que já foi resenhado numa antiga Dragão Brasil.

    Regras Opicionais – Sanidade: Esse artigo começa com dois destaques: A OGL e a recomendação de 18 anos devido ao seu conteúdo adulto. O artigo foi traduzido a partir do RPG Call of Cthulhu D20 e é considerado SRD. Temos Fobias, Pontos de Sanidade, distúrbios, como se recupera sanidade, Esquizofrenia e as novas Perícias Psicanálise e Sobrenatural. Realmente é um artigo pesado e não sei se será bem aceito por todos.

    Exploração – O Grande Carvalho – Refúgio das Dríades: Como já foi dito, esse é um lugar para onde elas podem fugir. No final, há os ganchos de aventura que sempre estarão nessa seção.

    Ilha do Leitor – Santira, a Fundadora: A personagem é uma Ladina de 7o. nível, ou seja, por enquanto não compatível com o Primeira Aventura ainda.

    Artes Marciais – Garra do Urso, Urro do Leão: 27 Talentos relativos a Artes Marciais e 5 Armas para Monges, é especialmente para os Reinos de Moreania, com todos os animais humanóides desse cenário tendo seu Talento. Um dos citados é Artes Marciais, que eu preferia vê-lo como Perícia não Talento. É explicado também o Talento Arma Exótica para 1a.A. Alguns Talentos a destacar: Queda Suave, Sexto Sentido, Mente Tranquila, Evasão e Artes Marciais (Aprimoradas e Defensivas).

    Arena Central – Sistema Daemon: Parte 2 de 2: Agora o destaque é dado aos Equipamentos, Pontos Heróicos, Experiência, Regras e Testes, ficha e capa.

    Chefe de Fase – O Exército do Brilho Divino: Um Fogo Fátuo brilhante que realmente busca emoções fortes, senão morria de fome.

    Nova Raça – Minauros: A idéia dos Minauros é de ser um Minotauro apenas com a parte de cima (a humana) e chega a lembrar um Meio-Orc. Ao contrário da Medusa, este não sofre ajuste de nível e pode ser usado logo desde o início. Há também um novo Talento, Grandalhão, que faz com que os personagens Médios se tornem Grandes.

    Regra Opicional – Maestria em Armas: A partir da Classe de Prestígio Mestre em Armas e do Talento Maestria em Armas, mostra como se pode adquirir níveis e ficar mais poderoso usando um tipo específico de arma. Há duas versões: Para D&D 1a. versão logo no início a partir da Rules Cyclopedia e para D&D 3.5, que é a principal da matéria. Quem não ler a matéria com calma e ficar apenas nas matérias, poderá ficar perdido com as duas versões. Na versão D&D3.5 há 18 armas que podem ser usadas para adaptar outras. Imagina um Orc Mestre Supremo no seu próprio Machado?

    Primeira Aventura – Heróis da Estrela: Pelo visto, a seção de Primeira Aventura será fixa até que saia os outros Aventura. Aqui é mostrado um preview sobre a aventura (veja em Publicidade a seguir). Há também os três personagens icônicos desta: Guerreiro, Mago e Ladina.

    Dragon’s Bride – Parte II – Cauda Entre as Pernas: Após Koi ajudar os clérigos Al’hanna e Melokk enfrenta problemas com alguém que quer que ele saia de suas terras.

    Publicidade: Além do que já foi dito na anterior, há ainda o anúncio da primeira aventura do Primeira Aventura, Relíquias de Brachian – O Forte do Leão para jogadores de 1o. Nível.

    Dragonslayer #01 – Tópico a tópico

    Após o grande tempo de espera, finalmente a Mantícora ‘solta’ a sua nova revista, infelizmente para os que não jogam D20 System, Ação!!! ou Primeira Aventura. Mas para quem joga Tormenta, tenho certeza que a expectativa estará em cima dos Reinos de Moreania, o outro continente de Arton.
    A capa começa com um Dragonslayer matando um Dragão Vermelho, este que foi a capa da primeira Dragão Brasil (uma ilustração do D&D clássico da Grow). Essa capa pode render muitas discussões, principalmente porque a Dragão Brasil#112 já saiu.

    Encontros Aleatórios: A nova seção de cartas da Dragão Brasil vem com um pessoal que está sempre presente em listas de discussões como Adriano “Mágico” Cléber, que sempre está em todos eventos na Grande SP, Cauê Freitas que era da editora Viu, Shingo Watanabe, figura fácil nas listas de Daemon e OPERA e Estevão “Snake” Costa. A grande dúvida dessa seção de cartas é de quem estão os direitos do concurso Ação!!! se com a Talismã ou a Mantícora. Há o Paladino e a Paladina respondendo as cartas, mas sofrendo os efeitos dos Reinos de Moreania. A Paladina como Moreau Gato e o Paladino como Mata-Dragões. Há ainda a tira Grimório de Jade de Leonel Domingos, ilustrador da REDERPG.

    Laboratório do Dr. Careca – There and Back Again (Lá e de Volta Outra Vez): Na primeira coluna, Trevisan explica como começou no RPG, ao contrário do publicado no Dr. Careca Lab na qual ele falava dos futuros projetos dele, Black Mafia e Spy. Talvez este esteja disponível em um futuro próximo.

    Review: A seção de resenhas traz os seguintes livros: Complete Adventurer (Wizards of the Coast, Nota 4/6), The Book of Iron Might (Mahavoc Press, 4/6) e Libris Mortis: The Book of Undead (Wizards of the Coast, 3/6). Essa seção pode incluir livros não-D20.

    Clássicos: Nessa seção, nada de D20 e sim AD&D. O livro escolhido é PlaneScape – Dead Gods (AD&D, TSR, 5/6). Aventura clássica de PlaneScape na qual deve-se trazer um Deus de volta a vida. É sempre bom rever os clássicos, inclusive aqueles que não chegaram aqui na sua época.

    Exploração – Prisão de Shalechain: Pode-se entender essa seção como um mini-cenário ou como uma micro-aventura. O cenário é uma prisão situada dentro de um vulcão. Para variar, grandes mapas do Fugikawa.

    Ilha do Leitor – DeepGate: DeepGate tem a mesma função de Gorendill, ou seja, um cenário para os leitores explorarem. Como ainda não há um livro básico para Moreania é bem capaz que alguns leitores acabem misturando os dois cenários.

    Classe de Prestígio – Matador de Dragões: Explicando o nome da revista, segue essa Classe de Prestígio, na qual um Guerreiro pde atingir no 6o. nível. Um dos benifícios da CdP é usar como montaria, um dragão!

    Reinos de Moreania: Enquanto não surge um manual com o cenário, essa será a base. A destacar, há os Talentos Moreau cada um com sua mudança superficial de cada animal e bônus de +2 em um Atributo. Ou seja, se houve uma rolagem ruim, recuperará e se houver preferência pela boa, poderá atingir valores maiores que 18. Nesse mundo temos duas divindades apenas, que discordam de vários pontos e podem ser comparadas a Alihanna e Megalokk. Deixei para ler o cenário em breve, o estilo segue ao Reinado explicado no Tormenta D20 e no Tormenta 3D&T. Mesmo assim, adianto que só há Humanos, podendo ou não ser afetados pelo Moreau.

    Nova Raça – Medusa: Uma nova Raça para PCs ou NPCs (a preferência é NPCs, já que sofrem Ajuste de Nível +2. Como em Moreania não existem outras Raças além de Humanos, essa pertence à Arton.

    Chefe de Fase – O Limo Inteligente: Essa criatura me faz lembrar A Coisa, filme que o SBT sempre exibia à tarde. Alguém se lembra?

    Arena Central – Sistema Daemon: Parte 1 de 2: Essa seção será dedicada a qualquer editora que pague para fazer a divulgação do seu sistema/cenário. Para começar, o sistema Daemon tem alguns Livros, O Que É RPG?, Glossário, Criação de Personagens, Atributos, Perícias e Aprimoramentos.

    Adaptação – Fatal Frame 2 Crimson Butterfly: A Câmera é expressa como Item Mágico para D&D, Primeira Aventura e Ação!!!
    O curioso é que o item pode ser considerado +1, +2 e há a dependência dos filmes que serão usados, cada um com seu efeito.

    Primeira Aventura: Essa matéria não traz nenhuma novidade em relação a publicada na DB#111, a não ser o sumiço dos “!!!” e a divisão em dois manuais: Guia do Jogador e do Mestre.

    Primeira Aventura – Reis da Selva: Novas Perícias, Talentos, Magias e Criaturas para Rangers e Druidas. Boa parte existe no LdJ e LdMo do Dungeons & Dragons.

    Neon Genesis Evangelion D20: Adaptação do famoso anime para Ação!!!. Inclui regras como o Talento Pilotar Eva, o Evangelion genérico e seus armamentos, o modelo Anjos e os NPCs.

    Dragon’s Bride – Parte I – Demarcação do Terror: História em quadrinhos feita pela Erica Awano passada em Moreania. O detalhe são as cores, que ao contrário do da Ha que começava colorido e tinha o miolo colorido. Agora, algumas ilustrações são coloridas, não todas.

    Publicidade: Temos anúncios do Primeira Aventura!!! (já lançado), Holy Avenger Reloaded (da Mythos), além do evento Anime Friends.

    Novidades na Megaliga das Editoras

    Site: Megaliga de Editoras Paladinas

    Comunicamos a entrada de duas novas editoras na Megaliga das Editoras Paladinas.
    A Nexus, do Recife, uma editora voltada para jogos de RPG educativos e didáticos, e a Planetário, especializada em romances voltados para ficção, humor e fantasia, e também de HQs.
    Para quem ainda não sabe, a Magaliga é uma aliança entre as editoras nacionais de RPG com o objetivo de expandir o mercado, reduzir custos e facilitar a distribuição dos produtos de RPG no Brasil.

    Exemplos das vantagens das editoras se aliarem:
    Melhor Distribuição. Todos vendem e distribuem os livros de todas, alcançando assim lojistas e consumidores em todas as partes do Brasil e divulgando suas marcas e produtos para mercados onde antes não apareceriam.
    Redução de custos: em conjunto, as editoras podem participar de feiras, eventos e convenções que de outra maneira não poderiam, como a Bienal do Livro. Além disso, podem colocar seus livros nas gráficas ao mesmo tempo (para eventos como o EIRPG, por exemplo) e conseguirem um desconto na produção, que resulta em diminuição dos custos e preços ainda mais acessíveis para os jogadores!
    Maior união do mercado: os membros da Megaliga não se consideram concorrentes, mas aliados. Seus livros são sempre anunciados e programados de maneira que os títulos não sejam conflitantes ou tenham títulos que possam gerar confusões para lojistas e jogadores. Também são trocadas informações sobre clientes e fornecedores. Além disso, realizam eventos de confraternização, festas e comemorações em conjunto, para criar um clima de amizade e união, além do profissionalismo.

    Entre as alianças que já foram feitas, podemos destacar a publicação em conjunto do Guia de Armas Medievais, da Comicstore e Daemon, das matérias escritas pela Editora Viu, Daemon e Trio Tormenta para a revista D20 Saga, da Mantícora, acordos para impressão em conjunto de Tormenta d20 e Daemon para baratear custos, o trabalho do Trio Tormenta em conjunto com a Jambô, a futura publicação do Mítica, da Editora Viu, no Sistema Daemon, as matérias em conjunto na nova revista Dragonslayer, distribuição de livros de RPG em bancas de jornais e muitas outras…

    Conheça mais sobre as editoras que fazem parte da Megaliga:

    • Comicstore: editora de Campinas/SP que publica a série OPERA (incluindo suplementos como Conspiração do Amanhecer e 1887), o Jogo de Batalha de Miniaturas do Senhor dos Anéis, o Anel Elemental entre outros.
    • Daemon: editora paulista responsável por RPGs de sucesso como Trevas, Arkanun, Anjos, Demônios, AnimeRPG, SUPERS, os Guias de Armas e o Guia de Classes de Prestígio, entre dezenas de outros títulos. É considerada a segunda maior editora de RPG no Brasil.
    • Jambô Editora: Esta importante editora gaúcha é responsável pelos mundos dos Reinos de Ferro, os livros da Quintessência (Moongoose Publishing), a série Counter Collection e agora o Tormenta D20.
    • Mantícora: responsável pela D20Saga, pela revista Kaos e agora pela mais nova revista de RPG Dragonslayers, os Mantícoras também publicaram o Dicionário de Termos e o sensacional jogo para crianças Powercars.
    • Nexus: editora de Recife recém chegada ao mercado, mas especializada em RPGs didáticos e voltados para uso por professores e orientadores em salas de aula.
    • Planetário: editora especializada em HQs e romances, em especial a série de paródias O fedor dos Anéis, Barry Trotter, a HQ do Corvo, Star Wars e a Balada de Halo Jones, de Alan Moore.
    • Talismã: a editora da Dragão Brasil, responsável por mais de 100 números da mais famosa revista brasileira de RPG de todos os tempos. Também publicou o Manual 3D&T (e toda a linha 3D&T), Ação!!! Reinado d20, Panteão e Holy Avenger.
    • Viu: editora paulista responsável pela série Mítica, considerado um dos melhores RPGs de aventuras orientais. Também publicou o Legado do Soberano.

    Mais informações: megaliga@daemon.com.br

    Release – DragonSlayer #1

    Site: Editora Mantícora

    Início de ano é tempo de novidades no meio RPGístico nacional. A Editora Mantícora resolveu unir a equipe responsável pela aclamada D20 Saga com o famoso Trio Maligno (J.M.Trevisan, Rogério Saladino e Marcelo Cassaro), autores de sucessos como Tormenta D20, 3D&T, AÇÃO!!! e Dragão Brasil. Deste encontro surge DragonSlayer, a mais nova revista de RPG nacional.

    Confira o que você encontrará na edição de estréia:

    • O Laboratório do Dr. Careca – nesta coluna, J.M.Trevisan (o tal doutor dono do laboratório) dissertará todos os meses sobre o universo RPGístico com muito bom-humor e irreverência.
    • Resenhas – os lançamentos Complete Adventure, Ex Libris Mortis, Book of Iron Might, e um “flashback” trazendo a histórica aventura Dead Gods (Planescape).
    • A Prisão de Shacklechain – um terrível presídio localizado acima de um vulcão. Contém mapa, histórico e ganchos de aventura. Material pronto para ser usado em qualquer mundo de fantasia medieval.
    • Reinos de Moreania – trata-se de um conjunto de ilhas com reinos bastante singulares. Nesta primeiro edição você encontrará o básico do cenário. Cada número de DragonSlayer trará material de jogo adicional para Moreania. Podendo ser usado tanto em conjunto com o mundo de Tormenta quanto como cenário independente.
    • Deep Gate, a Ilha do Leitor – uma ilha diferente, que tem todo o seu modo de vida e economia voltado para uma gigantesca e misteriosa masmorra localizada em seu centro. Deep Gate faz parte dos Reinos de Moreania, mas será desenvolvida totalmente pelos leitores da revista.
    • Dragonslayer – o temível matador de dragões, classe de prestígio para D20.
    • Reis da Selva – mais material para druidas e rangers de Primeira Aventura, o mais novo RPG nacional.
    • Guia Completo dos Beholders – preview exclusivo do suplemento.
    • Chefe de Fase – a cada mês um monstro diferente, com táticas e estratégias de combate. Neste mês, um cubo gelatinoso inteligente. Juro!
    • Evangelion – adaptação do cultuado anime para o Sistema D20. Aprenda a pilotar os mortíferos EVAs e defenda Tokio-3 contra os Anjos!
    • Dragon Bride – nova série em quadrinhos de Marcelo Cassaro e Erica Awano, a mesma dupla da premiada Holy Avenger! Precisa dizer mais alguma coisa?
    • Arena Central – encarte especial sempre abordando outros sistemas. Neste mês, a primeira parte de um suplemento exclusivo para o Sistema Daemon.

    DragonSlayer, 84 páginas, cor, R$ 7,50.
    Previsão lançamento: Abril de 2005.

    PS. A imagem a lápis da capa da primeira edição, incluindo o logo pode ser vista em http://br.groups.yahoo.com/group/doutorcarecalab/

  • Veja a imagem aqui
  • Cassaro tira mais dúvidas

    Site: Jambô Editora e Editora Mantícora

    Cassaro nos enviou uma pequena nota em forma de FAQ respondendo às questões levantadas por nossos usuários.

    Eu gostaria de responder a algumas dúvidas pertinentes vistas aqui na RedeRPG, sobre a nova linha Tormenta D20 da Editora Jambô e o jogo Primeira Aventura!!! da Mantícora.

    Esses novos livros serão uma atualização de regras, ou conterão materiais novos no que diz respeito à cronologia do cenário? Haverá nestes livros mais detalhes descritivos sobre o cenário, ou eles servem apenas para enquadrar fichas de personagem, classes e raças ao D&D 3.5?

    Praticamente não há alterações de cenário. Os novos títulos são, de fato, atualizações para 3.5. Jogadores e Mestres que já possuam a versão 3.0 e materiais avulsos (como as edições da Dragão Brasil contendo as classes básicas Samurai e Swashbuckler) podem continuar a empregá-los sem problemas.

    Apesar das Ilustrações e Informações inéditas, parentemente mais ilustrações do que informações, acho que seria bem mais interessante lançar primeiro o Panteão D20, tendo em vista que o material já está bem adiantado, por definição. Caça Niqueis a vista?

    Errado, porque todo cenário necessita de um livro básico. Tormenta D20 foi separado em dois Guias e modificado pelo simples fato de que a antiga versão 3.0 está esgotada, quase não existe mais à venda. Tínhamos a opção de reimprimir exatamente como era antes, ou então fazer a atualização 3.5 e incluir algum material novo.

    76 Talentos, incluindo todos os novos Talentos Regionais de O Panteão D20.

    Houve um erro aqui, os 76 talentos do Guia do Jogador inclui todos os Talentos Regionais de O Reinado D20 (não O Panteão D20).

    NdE: O erro foi meu…

    Aqueles que como eu já tem Td20, Reinado D20 e HAd20 terão que jogar os livros antigos fora e comprar esses, ou com algumas páginas de upgrade ficarão atualizados?

    Os novos Guias são sucessores para o antigo TD20 básico. Eles não afetam O Reinado D20 e Holy Avenger D20, isso nunca foi afirmado em nenhum momento. Aqueles que já possuem estes livros podem continuar a usá-los, e aqueles que não os possuem ainda podem adquiri-los. Nenhum destes livros receberá uma versão 3.5 tão cedo (com certeza não neste ano, e pouco provável que mesmo no ano que vem).

    Espero q corrijam esse negocio de Classe de Prestigio de 10º nível onde qualquer machado ou foice vira arma vorpal (pra q gastar 50 mil se eu pego de graça?)

    Essa habilidade é fornecida para as classes Lenhador de Tollon e Sacerdote Negro. A segunda pode ser adquirida no 3º nível, permitindo acesso à foice vorpal no 13º nível. Ela é assumidamente poderosa, foi preparada para vilões. Mestres que permitam seu uso por personagens jogadores devem estar preparados para as conseqüências.

    A classe Lenhador de Tollon pode ser adquirida apenas no 6º nível. Ou seja, para ganhar a habilidade de Machado Decapitador (qualquer machado manuseado pelo personagem é considerado uma arma vorpal), o personagem precisa ser no mínimo 16º nível. De acordo com o Livro do Mestre, um personagem jogador deste nível tem 260.000 peças de ouro. O custo da habilidade vorpal para uma arma mágica é 50.000. Ora, qualquer personagem deste nível pode ter uma arma vorpal se quiser, e sobra muito troco.

    Lembrando ainda que, em D&D 3ª Edição, a habilidade vorpal é muito mais fraca do que era no AD&D, quando podia matar qualquer criatura; hoje, muitos tipos de monstros (mortos-vivos, construtos, plantas, limos…) são imunes a sucessos decisivos e, portanto, também imunes a vorpal.

    Ainda não li a revista, mas pela resenha achei este número decepcionante. A principal atração que seriam a regras para veículos ficou de fora (provavelmente devido à mudança em relação ao Ação q foi para a Mythos, não é isso?).

    Ação!!! não foi movido para a Mythos. Ele ainda é comercializado pela Talismã, que está relançando o primeiro livro básico nas bancas, por preço promocional. Estamos estudando na Editora Mantícora um novo e maior livro básico, com material extra (possivelmente incluindo as tais regras para veículos), capa dura e em cores. Claro, vai ser mais caro que o Ação!!! atual, mas ainda muito mais barato que um D20 Modern.

    Só estou decepcionado de TORMENTA ter virado D20 PURO. Era tão bom ver matérias para 3D&T, que É o sistema que permitiu que Tormenta se tornasse o sucesso que é. Essa licença aberta d20 acabou com 3D&T. Ascendeu um sistema ao mais amado e odiado do mundo e destruiu um ÓTIMO sistema.

    3D&T não está destruído, está apenas preso a uma decisão contratual da Talismã. A Libertação de Valkaria 3D&T, muito solicitada pelos fãs, está concluída, apenas aguardando pela solicitação da editora para ser lançada. Caso esta não se confirme, possivelmente a Jambô também assumirá este jogo.

    O PA praticamente é um First Quest em anime-style.

    Primeira Aventura!!! tem sido comparado a First Quest (uma comparação no mínimo apressada, visto que o jogo nem mesmo foi lançado ainda). Na verdade, 1ªA!!! teve sua inspiração no antigo D&D da Grow (que também avançava apenas até o 5º nível), inclusive usando quase as mesmas armas, armaduras, magias e monstros.

    First Quest foi um jogo introdutório para AD&D que não deu certo, devido a um simples fato: trazia apenas fichas de personagens prontos. Não permitia a construção de personagens, um dos maiores atrativos do RPG. 1ªA!!!, muito pelo contrário, tem regras completas para construção de personagens. Estas regras serão complementadas pela própria DragonSlayer: sua primeira edição, por exemplo, vai trazer novos talentos, perícias, magias e animais para druidas e rangers.

    E não é meio absurdo lançar uma aventura para um sistema quando “ninguém sabe” ainda jogá-lo?

    Não, uma vez que a aventura A Cripta Assombrada também é compatível com D&D.

    É por isso que reitero: parabéns a entusiastas como os Marcelos (Telles, Cassaro, Del Debbio…) e todos os seus aliados (autores, desenhistas e escritores das outras editoras) por ainda resistirem bravamente a alguns sujeitos que, pelo visto, prefeririam desembolsar centenas de dólares para importar livros caros a ver publicações nacionais gerando economia dentro de seu próprio país.

    Muito, muito obrigado por sua compreensão e visão clara. Prometemos continuar batalhando para que cada vez mais pessoas no Brasil tenham acesso ao hobby que tanto amamos. E quando essa missão principal nos impede de seguir “sidequests” e produzir material voltado apenas para veteranos, posso dizer apenas… mal aí!

    Teremos outra publicação mangalóide no mercado (Erica Awano e Marcelo Cassaro… O que mais se pode esperar?)…

    Quem somos nós para contrariar as expectativas de nossos fãs?

    …provavelmente entupida de 3D&T (se não nos primeiros números, certamente em breve) e focada em Tormenta.

    Não haverá 3D&T na DragonSlayer, exceto talvez na Arena Central, o encarte especial destinado a cenários e produtos de outras editoras (e portanto essa decisão deverá partir também da editora que publica 3D&T). DSlayer vai oferecer, sim, material para Tormenta, e também material genérico.

    Como é que deve ser lido? /dragón islaier/ ? Só lerá corretamente quem tem acesso a este outro idioma?

    Pronuncia-se “draeguen sleier”. Pronto, você já teve acesso este a outro idioma.

    Refreem os impulsos insanos do Cassaro, peloamordosdeuses.

    Não cheguei até onde estou refreando meus impulsos. Quanto a serem insanos… essa expressão, “peloamordosdeuses”, fui eu que inventei, sabia?

    e botem o Trevisam para trabalhar mais…

    Ótima idéia. Diga-nos como.

    Comunicado Oficial da Editora Mantícora

    Site: Editora Mantícora

    Caros Amigos,

    Para vocês que nos acompanharam durante 7 números da d20 Saga (desde a nº 00 até a nº 06), aqueles que se interessaram pela revista Kaos! e também pelo RPG institucional Power Cars, comunicamos as mudanças que ocorrerão na linha de produtos da editora neste ano de 2005.

    DragonSlayer
    Lançaremos em breve uma revista nova de RPG chamada DragonSlayer, que será o “mix” do melhor da Dragão Brasil (já que o “Trio Tormenta” está trabalhando com a Mantícora) com o melhor da d20 Saga. A revista será focada no sistema d20 e no OGL Primeira Aventura. Teremos diversas seções na DragonSlayer, tais como um novo cenário (continente) de Tormenta que pode ser usado em qualquer mundo, adaptações, resenhas de RPG (abordando todos os sistemas), HQ inédita do Cassaro com arte da Erica Awano (uma legítima precursora da Holy Avenger) e inúmeras colunas com material para jogadores e mestres. Além disso, reservamos 16 páginas no centro da publicação para que outras editoras possam desenvolver materiais de seus próprios sistemas e cenários. Esta seção, chamada de “Arena Central”, funciona como um “informe publicitário” (por falta de nome melhor) e está aberta para qualquer empresa divulgar, ampliar e dar suporte aos seus produtos. Portanto, a revista não será só d20, ou só d20 e Daemon (os primeiros informes já foram reservados pela Daemon), mas sim multisistema, depende apenas das empresas “possuidoras” dos sistemas quererem oferecer materiais ao seu público.

    D20 Saga
    A d20 Saga não terá continuidade (pelo menos por enquanto) já que a DragonSlayer ocupará o lugar do suplemento bimestral. A equipe da d20 Saga se dedicará integralmente à produção da nova revista e de outros materiais.

    Primeira Aventura
    Lançaremos também o Primeira Aventura (1ªA), um RPG de fantasia medieval OGL. O Primeira Aventura será dividido em dois livros, o Guia do Jogador e o Guia do Mestre (já vem com monstros) e será vendido em bancas de jornal de todo Brasil além de grandes redes de livrarias e lojas especializadas. O propósito do Primeira Aventura é popularizar o RPG de fantasia medieval (o mais jogado no mundo), já que seu preço será bem acessível (menos de R$ 10,00 cada livro) comparado com sua qualidade (totalmente colorido).

    Aventuras complementares para o 1ªA
    Lançaremos como suporte ao Primeira Aventura uma série de 5 aventuras estilo “Dungeon Crawl” que trarão sempre novos materiais complementares aos livros básicos.

    Revista Kaos!
    Continuaremos lançando a revista Kaos!, que completa sua série no nº 03 (a nº 02 estará disponível no FestComix em 13/03/2005 e será distribuída para todo Brasil na semana do dia 21/03/2005). (Confiram o preview no site www.revistakaos.com.br)

    Beholders
    Lançaremos o Guia Completo de Beholders (ainda sem data definida), que está ficando muito bom! (Confiram o preview do desenho de capa ao final desse comunicado).

    Cenários
    Quanto aos cenários (Kriptus, Karanblade e Necropia), ainda pretendemos lançá-los, não podemos precisar datas, pois estamos organizando nossa agenda de produtos. Decidimos priorizar o Primeira Aventura para criar mercado e dar suporte àqueles que não dipõem de recusrsos financeiros para comprar RPGs básicos caríssimos, mas querem jogar.

    A revista DragonSlayer e a linha Primeira Aventura contarão com websites exclusivos e repletos de conteúdos (downloads). Ambos estão em fase de construção.

    E-Mails sobre a Dragonslayer

    De Trevisan na lista REDERPG:

    O espaço de Informe Publicitário, também conhecido como “matéria paga” está aberto a toda e qualquer editora de RPG que queira divulgar seu sistema ou cenário. Por enquanto fechamos com a Daemon para os próximos números, mas isso não significa que este espaço esteja preso somente a este sistema.

    Por isso a revista poderá ter sim mais de um sistema (já que a revista é essencialmente D20). Basta que as outras editoras tenham interesse em divulgar seu próprio trabalho.

    Os interessados devem entrar em contato conosco pelo e-mail: editora@manticora.com.br

    J.M.Trevisan
    Editora Manticora, Dragonslayer

    De Marcelo del Debbio na lista Daemon
    Aloha

    Hoje fechamos contrato com a editora Manticora para a producao do Encarte “Arena Central” das edições 1 e 2 da revista Dragonslayers,contendo o Módulo Básico do Sistema Daemon.

    O Módulo consistirá em 32 páginas PB (16pgs em cada número) mais capa colorida no número 2 da revista, que devem ser destacados e montados para formar o suplemento. A partir dele, os jogadores poderão criar seus próprios suplementos com regras ou ambientações novas, enviando-os para download em nosso site e, a partir do número 5 da revista, os melhores netbooks do site da Daemon serão escolhidos para publicação no encarte central da revista. Futuramente, também faremos novos concursos de desenhistas para publicacao de portfolio neste Encarte, incentivando ainda mais a produção nacional.

    Nos números 3 e 4 da revista, está planejado a publicação do elogiadíssimo netbook “Guia de Raças de Fantasia”, de Shy Dark.O guia terá algumas partes refeitas para eliminar todos os traços de Arton, para ficar 100% generico.

    Abracao
    Marcelo Del Debbio

    Dragonslayer/Tormenta – DeepGate: Ilha do Leitor

    E-mail: Editora Mantícora

    Saudações! Embora não possamos revelar ainda publicamente os detalhes sobre o arquipélago/continente que forma o novo cenário da revista Dragonslayer, aqui está o novo projeto que substitui Gorendill como “cidade do leitor”. Estou enviando pra vocês na esperança de ter já para a próxima edição algo interessante para colocar na seção.

    Por enquanto basta saber que:

    1- Não há semi-humanos (elfos, anões, etc) nas novas ilhas.
    2- O acesso de Arton até as ilhas não é dos mais fáceis.

    Dito isso, acho que vcs serão capazes de desenvolver algo legal. Como é de costume, adaptaremos por aqui o que for necessário.
    Com vocês, DeepGate: A Ilha do Leitor

    DEEPGATE
    Feita por heróis. Feita por você.
    Sim, com certeza você já viu isso antes.
    A Dragon Magazine, revista oficial do jogo Dungeons & Dragons, certa vez entregou a seus leitores a tarefa de construir e expandir uma cidade chamada Raven’s Bluff, no mundo de Forgotten Realms. Mais tarde, a mesma revista promoveu um concurso para a escolha da Estalagem do Dragão Adormecido – que tinha apenas o nome, e seria selecionada entre as sugestões dos leitores. Mas sua aposta mais audaciosa no talento dos fãs ainda estava por vir, na forma de um grande concurso que resultou no nascimento de Eberron; um mundo completo, escolhido entre milhares de propostas enviadas por leitores.
    No Brasil, a revista Tormenta seguiu a mesma receita. O mundo de Arton ganharia Gorendill, uma cidade na fronteira do reino de Deheon. Fundada pelo ambicioso prefeito Guss Nossin e sustentada pelo comércio de frutas exóticas. Exceto por estes fatos, mais nada foi informado sobre a cidade; caberia aos próprios leitores inventar seus personagens, lugares e maravilhas.
    Agora, os REINOS DE MOREANIA também apresentam sua Cidade do Leitor. Bem diferente de Gorendill, esta não é uma pacata comunidade de comerciantes – aqui os heróis aventureiros fervilham, prontos para desbravar uma grande masmorra cuja entrada fica exatamente no centro da cidade!
    Conheça DEEPGATE. Aprenda tudo que é conhecido sobre o lugar. O resto, depende de você.
    Uma ilha que leva à morte.
    Esta é a forma como a maioria das pessoas se refere a DeepGate. Poderia ser apenas mais uma ilhota, entre as dezenas que proliferam ao norte do litoral de Laughton e Lancaster. Não mais de cem quilômetros de extensão. Sem grandes florestas ou montanhas, apenas alguns rios e colinas. Ainda assim, uma das mais extraordinárias – e perigosas – ilhas de toda Moreania.
    No centro exato de DeepGate existe um fosso, que empresta à ilha seu nome. Uma abertura vertical, com pelo menos vinte metros de diâmetro, e descendo centenas de metros até a escuridão desconhecida. Mesmo ao meio-dia o sol não atinge seu fundo. Nem poderia: a gruta sinistra apenas serve de entrada para um complexo subterrâneo, um infindável labirinto de túneis, passagens e câmaras. Muitas são naturais, formadas por milênios de infiltração das chuvas. Outras, escavadas por mãos desconhecidas.
    As Masmorras de DeepGate seriam descobertas e desafiadas. Ao longo dos anos, numerosos heróis ousaram desbravar suas entranhas. Muitos pereceram, vitimados por monstros, armadilhas e outros horrores desconhecidos. Mas outros emergiram vitoriosos, trazendo consigo tesouros mágicos e histórias fantásticas. Tais histórias que levariam cada vez mais heróis – novatos e veteranos, nobres e gananciosos, solitários e unidos – às entranhas escuras da ilha.
    Poucos lembram quando e como, mas uma cidade começou a crescer ali. Talvez suas primeiras estruturas tenham sido acampamentos temporários; postos avançados erguidos por aventureiros, lugares de preparação, descanso e recuperação. Primeiro eram tendas, depois cabanas, e finalmente torres. Ali os desafiadores de DeepGate faziam planos para iniciar suas incursões subterrâneas, e tratavam de seus ferimentos ao retornar.
    As masmorras eram certamente vastas e perigosas, mas nenhum monstro jamais escapou pela abertura. Suas vizinhanças eram seguras. Esse fato, somado ao ouro dos heróis, trouxe para DeepGate seus primeiros estabelecimentos comerciais. Estalagens onde exploradores poderiam descansar antes da jornada. Tavernas onde festejar suas conquistas. Templos onde curar seus feridos. Forjadores de armas e armaduras. Negociantes de itens mágicos. Alquimistas. Bardos. Escudeiros. Batedores. Mercenários.
    Antes uma porta de entrada para horrores indizíveis, DeepGate é agora uma grande e fervilhante cidade, entre as maiores de Moreania. Uma cidade cuja economia é baseada na atividade de aventureiros – eles fazem aqui seus preparativos para desafiar as profundezas, e gastam aqui seus tesouros conquistados quando retornam.A verdadeira extensão das Masmorras de DeepGate é desconhecida.
    Ninguém jamais conseguiu mapear totalmente o complexo – e relatos de seus exploradores sugerem que isso nunca acontecerá. Os túneis parecem seguir muito além das fronteiras da ilha, descendo sob o leito oceânico. Alguns sugerem até mesmo uma ligação com as Profundezas, o reino cavernoso que dizem existir sob as Montanhas de Marfim. Suspeita-se também da existência de entradas secundárias para a masmorra em ilhas vizinhas.
    A natureza dos monstros que habitam o lugar também é um mistério. Heróis sobreviventes falam de goblins, orcs e ogres. Falam também de lagartos colossais, insetos imensos e aranhas grandes como casas. E não faltam relatos sobre gigantes, hidras, quimeras e até mesmo dragões. Parece não existir, em toda a Criação, um único tipo de fera que não exista nas Masmorras de DeepGate.
    As criaturas não intimidam os heróis – apenas os incitam. Sobre o fosso, um sistema de vagões movidos com trilhos e cabos transporta os desbravadores com segurança para as áreas consideradas ainda seguras.
    Dali em diante, o perigo aguarda.
    Deepgate pode ser o ponto de partida para sua maior aventura. Pode ser também a última cidade que você verá com vida. Mas esta é, com certeza, uma cidade feita por heróis.

    Regulamento
    1) Envie seu material para: revista DRAGONSLAYER, Editora Mantícora, Rua Augusta, 976, 2º andar, Cerqueira César, SP/SP, CEP 01304-001, ou para o e-mail editora@manticora.com.br (o subject deve seguir o seguinte modelo: DeepGate – (nome da sua matéria). Exs DeepGate – Estalagem do Ganso Afogado, DeepGate – A Fera dos Tentáculos de Aço, DeepGate – Capitão Arrouth, etc)
    2) Todos os textos devem ser digitados, datilografados ou impressos. Textos manuscritos não serão aceitos. Em caso de envio em arquivo digital, o texto deverá se apresentar como arquivo de Word, .doc ou .rtf e conter entre 8.000 e 10.000 caracteres, incluindo espaços (para acessar essa informação entre no menu Ferramentas/Contar Palavras). Textos impressos ou datilografados não devem ultrapassar oito páginas, com letras em tamanho 12 e espaçamento simples.
    3) Caso seu material exija o uso de regras, o autor deverá se responsabilizar em apresentá-las adequadamente, compatíveis com o Sistema D20 ou PRIMEIRA AVENTURA!!! Outros sistemas não são permitidos.
    4) Os textos enviados não serão devolvidos ou remunerados. Todo o material passa a ser propriedade da Editora Mantícora.
    5) Envie junto ao seu material os seguintes dados sobre o autor: nome completo, endereço, idade e meio de contato (telefone e/ou e-mail).
    6) Reserva-se aos editores da revista DRAGONSLAYER e à Editora Mantícora o direito de alterar ou corrigir estas regras, caso seja
    necessário.
    7) Os critérios de avaliação dos textos enviados são de responsabilidade dos editores da revista DRAGONSLAYER.
    8) Descrições de lugares devem preferencialmente ser acompanhadas por mapas, que podem ser fornecidos em originais, fotocópias, impressos ou arquivos digitais.
    9) Qualquer semelhança entre este regulamento e o regulamento de qualquer outra Cidade do Leitor é um simples caso de copy/paste.

    Faça assim (box)
    Aproveite os buracos! Muitos fatos sobre DEEPGATE apresentados aqui são intencionalmente vagos. Quem descobriu o fosso primeiro? Quem governa a cidade? Qual sua maior taverna ou estalagem? Seus templos são para quais deuses? Quem é o melhor armeiro da cidade? Como se chega à ilha? Estas e quaisquer outras perguntas devem ser respondidas por você.
    Pense em heróis! DEEPGATE existe para prover aventureiros com aquilo de que eles precisam para vencer as masmorras. Imagine que bens ou serviços podem ajudar alguém a explorar uma masmorra. Se você fosse um aventureiro, o que gostaria de encontrar em uma cidade?
    Não fique restrito! DEEPGATE é a cidade principal da ilha, mas não precisa ser a única. Uma centena de quilômetros com certeza pode abrigar outros povoados, cabanas abandonadas, torres misteriosas, castelos assombrados e outros lugares de aventura.
    Não seja preguiçoso! RPG é uma combinação de ambientação e regras. É divertido inventar uma história, mas você não estará ajudando a jogadores e Mestre se não fornecer regras para seu material. Personagens e criaturas devem ter estatísticas de jogo. Tavernas e estalagens devem ter mapas. Guildas e organizações ficam mais interessantes quando acompanhadas por novos equipamentos, magias ou classes de prestígio.

    Aguardamos a colaboração de todos…

    J.M.Trevisan
    Editora Manticora, Dragonslayer

    Novidades da DragonSlayer

    Site: Editora Mantícora por Marcelo del Debbio na Lista RPG Daemon

    Seguem os emails dele na lista:

    Aloha

    Ontem fizemos uma reuniao final com os Manticoras Brothers, sobre a nova revista de RPG chamada “Dragonslayers”, que deve substituir a D20 Saga, e conseguimos acertar um presente que voces estavam aguardando ha muito tempo.

    Nos numeros 1 e 2 da revista, sairão como encarte o MODULO BASICO do Sistema Daemon, com 32 paginas, contendo toda a licenca aberta, regras, criacao de personagens e etc. Para destacar e grampear, formando um suplemento completo.

    Para os numeros 3 e 4, teremos o GUIA DE RAÇAS DE FANTASIA, um suplemento de 32pgs contendo dezenas de raças de fantasia medieval para serem usadas no Sistema Daemon.

    A parceria Daemon-Manticora irá gerar muitos suplementos excelentes este ano que, com a tiragem de mais de 20.000 exemplares da revista, devem fazer com que o sistema daemon se torne ainda mais popular entre os novos RPGistas.

    Estamos aguardando sugestoes sobre outros suplementos para serem incluidos na revista para os próximos números.

    Um grande abraço

    Marcelo

    Mais:

    A dragonslayer vai ser só de d20 com suplementos de Daemon como encarte.

    Dois sistemas apenas 🙂

    A gente que vai fazer 100% do material daemon. Entregamos as 16pgs de daemon prontas

    Mas nao devemos fazer materias nao… a gente tá pensando em fazer no comeco um esquema de mini-suplementos de 32pgs a cada 2 revistas, englobando os melhores netbooks e regras.

    Depois colocaremos mapas, miniaturas de papel, coisas assim.

    Um mapa completo, enorme e fodão da Europa já está encomendado!