[Comic Store] Anel Elemental: O Legado (FUDGE)

Em 2003 tivemos o lançamento de várias editoras nacionais, sendo que a grande maioria utilizou-se do Sistema D20, mas uma delas não. A novata Comic Store Editora com seu Projeto RPG lançou durante a DragãoFest seu primeiro livro, Anel Elemental – O Legado em sua 2ª edição, sendo que a 1ª foi publicada sem editora, seguindo o caminho independente e com o sistema FUDGE.

Este que deve ser o primeiro livro de RPG com orelhas no país, apresenta uma excelente diagramação com folhas lembrando pergaminho antigo e capa dura. Em compensação, a encardenação possui uma cola fraca (o meu acabou descolando alguns dias depois). O livro possui boas ilustrações, mas algumas são repetidas durante o livro, assim como algumas mostram as Deusas nuas.

Agora seguiremos com o livro capítulo a capítulo.

Prólogo – As Palavras de um Contador de Histórias
O livro começa se auto-explicando, falando do principal personagem do livro, que é o Contador de História (Sim, o Mestre!) e como funciona a arte de contar histórias.

Logo após chega a hora de falar de RPG, apresentando-o, sempre seguindo a linguagem rebuscada com o autor no qual se segue durante o livro, tornando a leitura por vezes cansativa. Logo depois veremos onde que entra isso como problema.

Interlúdio – Fragmentos Iniciais do Livro do Destino
Um mini-conto de uma página dando início ao livro.

Primeira Parte – O Anel Elemental
O livro começa cobrindo mais de 2000 anos de história desde o Nascimento dos Deuses com um texto escrito por Awinne, a Barda. O texto segue mostrando a criação do mundo de Andora, no qual se passa a aventura e duas histórias integram principalmente esse livro: A dos Portadores das Espadas de Prata, as Sagas dos Anel Elemental e a Morte de Berilla, a Deusa da Magia.

Esse fato é o fio condutor da história, já que com esse evento ocorreu o Grande Êxodo de todos os povos criados por Berilla (i.e: Elfos, Anões, Halflings e outras criaturas mágicas) que passaram a não existir mais no continente de Endora, exceto em pequenas proporções.

O Livro Terceiro trata da descrição do mundo após o ocorrido, curioso é saber que eles não fizeram um mapa para cada reino, mas sim que aproveitaram do disponível na contra-capa. A maioria das cidades são bem descritas, mas outros como Amaron são para o Mestre construir. Deve-se destacar as Ilhas Pentagrama e o Arquipélago da Lua Crescente que são muito estranhas.

A primeira parte se encerra com O Conto de um Forasteiro que mostra que apesar da morte de Berilla, a Magia ainda resiste.

Segunda Parte – O Legado
Chegamos as regras que fazem uso do Sistema FUDGE. Essa parte inicia-se descrevendo os Atributos, Perícias, Dons e Falhas escolhidos para o jogo e como funciona a compra de Características. Talvez esse ponto possa confundir um pouco já que não é mostrado como se monta um personagem de forma linear e sim descrevendo as Características, sendo que depois é mostrado o custo destes.

Os 2 capítulos próximos (Ações e Resoluções e Combate) mostra como se utilizam os dados nesse sistema, como interpretá-los, a Vitalidade (Que lembra a utilizada no Storyteller). Se você já utiliza esse sistema, não terá problema algum.

O capítulo Magia mostra como funciona a Magia que ainda resta no mundo. Esta depende de 2 critérios: Plausibilidade da Magia acontecer e o Ceticismo das pessoas em acreditar na Magia. Ou seja, para que a Magia se realize é absolutamente necessário que as pessoas acreditem que ela acontecerá e termina mostrando alguns exemplos de como ela se realiza.

O próximo capítulo, Desenvolvimento dos Heróis é uma página tratando de Experiência. Um detalhe interessante é que o livro não utiliza os “Fudge Points” (No FUDGE em português disponível na REDERPG são chamados de Pontos de Embuste) no qual é possível utilizar os Pontos de Experiência para adquirir Sorte no jogo.

No Contando Histórias, são mostradas várias dicas de como se criar Aventuras para o jogo: Como narrar as Aventuras, como criar uma cena, como dar prêmios aos heróis.

Apêndices:
Terminando o livro, temos uma seqüência de vários apêndices: O 1º é um Bestiário contendo a descrição e as Estatísticas resumidas de jogo de várias criaturas que existem / existiam no mundo. O 2º possui 4 Personagens de Exemplo com um conto falando destes. O 3º apêndice é composto de uma lista enorme de equipamentos desde armas, alimentação, ferramentas, instrumentos musicais, médicos entre outros, o 4º traz uma lista de Itens Místicos e os 2 últimos colocam em prática o capítulo 6: Um com Exemplo de Jogo e o último com uma aventura para uso principalmente para iniciantes.

Conclusão:
O livro possui linguagem rebuscada e às vezes de leitura considerada pesada, tirando isso, possui um novo sistema de Magia e faz uso do sistema FUDGE até então desconhecido dos brasileiros e que também é de Licença Aberta, permitindo que qualquer um lance livros para este sistema.

Portanto, se quiser fugir do Sistema D20 ou quiser testar algo diferente eu recomendo esse livro. Quem sabe a Deusa da Magia não alcance o seu retorno triunfal com uma aventura jogada por vocês? Outra idéia interessante é desvendar o novo continente para onde ocorreu o êxodo das criaturas mágicas.

Anúncios

3 pensamentos sobre “[Comic Store] Anel Elemental: O Legado (FUDGE)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s